Saúde

Virvi Ramos inova no tratamento da Covid-19

Hospital é o primeiro a implantar protocolo de tratamento e utilização de plasma convalescente para pacientes graves da doença
20 de maio de 2020 às 19:40

Hemocentro é parceiro do hospital no tratamento inovador em Caxias do Sul (Foto Andressa Gallo, Divulgação, Banco de Dados)

O Hospital Virvi Ramos, de Caxias do Sul, inovou no tratamento dos casos graves da Covid-19 e adotou protocolo já aprovado pela nota técnica 19/2020 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para uso de plasma convalescente no tratamento de pacientes internados em estado grave. O protocolo foi aprovado pela Secretaria Municipal de Saúde e pelo Comitê de Ética e pesquisa do hospital. Os dados coletados farão parte de uma pesquisa científica.

O tratamento consiste na transfusão do plasma (parte líquida do sangue) de uma pessoa curada da Covid-19 para uma infectada. Ao se curar, o paciente desenvolve anticorpos para a doença. Por isso, a transfusão auxiliaria um paciente crítico a se recuperar. "Vínhamos acompanhando pesquisas de hospitais referência no país sobre o uso do plasma no tratamento da Covid-19 e criamos um protocolo já autorizado pelo Município para utilização. Temos um caso na instituição em que poderia ser usado, mas ainda não temos doadores na cidade. Os pacientes acometidos e já recuperados desenvolvem anticorpos. Então, a transfusão do plasma é uma forma de conferir imunidade imediata para aquele que está em estado grave", explica a médica intensivista do Hospital Virvi Ramos, Eveline Gremelmaier, que coordena o projeto.

Além de já estar comprovadamente recuperado, para doar o plasma, a pessoa precisa preencher uma série de requisitos. Ser do sexo masculino, com idade entre 18 e 60 anos, estar recuperado há mais de 28 dias e não ter sido internado em estado grave. "A escolha inicial por homens é por correr menor risco de causar reações adversas. Também é preciso compatibilidade sanguínea, além de o doador comprovar a infecção pelo teste de PCR e que tenha sido assintomático ou com sintomas leves. Quem internou em estado grave, com uso de ventilação, mesmo que recuperado, não pode doar", acrescenta.

As doações são feitas conforme agendamento no Hemocentro de Caxias do Sul, que destinará o plasma aos hospitais habilitados para utilização desse tratamento. Os contatos para agendamento dos interessados em doar o plasma são (54) 3290.4543, (54) 3290.4580 ou WhatsApp (54) 9 8418.8487. O Hemocentro funciona na Rua Ernesto Alves, 2260, e atende de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30, e aos sábados pela manhã, das 8h às 12h.