Política

Velocino Uez cobra melhorias para a Escola Municipal Arlinda Manfro

Parlamentar justifica que crianças brincam na chuva
07 de novembro de 2019 às 13:12
Foto: Gabriela Bento Alves, Câmara Municipal

Problemas na educação pública têm sido recorrentes nos últimos meses nas declarações dos vereadores na Câmara Municipal de Caxias do Sul. Na manhã desta quinta-feira (7), Velocino Uez (PDT) voltou a criticar o Executivo pelo fechamento da Escola Municipal Arlinda Lauer Manfro, localizada na 5ª Légua, em Galópolis. O parlamentar cobra ações concretas da Prefeitura desde o mês de junho.

De acordo com Uez, a escola foi fechada por conta de problemas no piso das salas. Conta que a comunidade se envolveu e arrecadou um valor de pouco mais de R$ 30 mil, que era o orçamento para consertar a estrutura, mas a Secretaria Municipal da Educação (SMED) não havia oportunizado a chance do conserto. Atualmente, as crianças estão tendo aulas em um ginásio que é insalubre e traz riscos constantes para a saúde dos estudantes.

Mostrando fotografias e vídeos no telão do plenário, o parlamentar observou que agora as crianças precisam descer do ônibus escolar 100 metros antes de chegarem à escola, e precisam caminhar esse trajeto debaixo de sol ou chuva. Além disso, a estrutura original da escola contava com quadra com piso de paralelepípedos, enquanto o atual espaço para brincadeiras é em um gramado com barro.

Em aparte, o vereador Paulo Périco (MDB) pediu que a Comissão de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação, Cultura, Desporto, Lazer e Turismo do Legislativo visite o espaço e encaminhe documentação para a SMED. Presidente da Comissão, o vereador Edson da Rosa (MDB) disse que a SMED e o Ministério Público estiveram no ginásio e emitiram parecer contrário à ocupação, mas que o Judiciário autorizou a mudança.





Publicidade