Economia

Telefone ainda é o principal meio para reservas em hotéis

Pesquisa da Fecomércio-RS também indica que 73% dos empresários acreditam em aumento de vendas no segundo semestre
19 de agosto de 2019 às 10:10
Foto: Banco de Dados

Em meio ao surgimento de diversas plataformas online, o telefone ainda é o principal canal de comunicação para quem tem interesse em se hospedar no Rio Grande do Sul. De acordo com a Sondagem de Segmentos divulgada pela Fecomércio-RS, 43,9% dos estabelecimentos consultados pela entidade indicaram as centrais telefônicas como principal canal para realizar reservas. Enquanto 32,7% referiram que as plataformas online são o principal canal utilizado, apenas 6,5% apontaram o uso do site do próprio do hotel.

Em relação à motivação da hospedagem, 72,2% dos entrevistados relataram que seus hóspedes viajam a trabalho, enquanto 26,8% dos estabelecimentos referem ser por turismo de lazer. Este aspecto está relacionado com o período no qual ocorre o maior nível de ocupação: 67,5% dos locais registram maior movimento em dias de semana. A ocupação média dos estabelecimentos no primeiro semestre ficou entre 40% e 60% da capacidade para 34,3% dos hotéis e pousadas pesquisados; entre 20% e 40% para 24,7%; entre 60% e 80% para 23,1%; menos de 20% para 10,6%; e apenas 7,3% registraram mais de 80% das reservas no período. A avaliação do desempenho das vendas do segmento no primeiro semestre de 2019 foi regular para 40,5% dos estabelecimentos, enquanto 30,6% indicaram que o período foi bom.

A expectativa mantém-se positiva para os próximos seis meses para 73% dos entrevistados, que acreditam em vendas melhores. A estabilidade é projetada por 24,4%, ao passo que 2,6% esperam alguma piora. Em relação ao cenário econômico na segunda metade do ano, a avaliação permanece confiante: 34,3% acreditam que vai melhorar muito; para 32,2% vai melhorar um pouco; e 25,2% vislumbram estabilidade.





Publicidade