Coronavírus

Saúde confirma sete casos da codiv-19 em Caxias do Sul

Do total, cinco foram registrados na segunda-feira; Prefeitura prepara ação nas ruas para reduzir a circulação de pessoas
23 de março de 2020 às 19:56

Caxias do Sul chegou à marca de sete casos confirmados pelo coronavírus, de acordo com atualização feita, na tarde de segunda, 23, pela Secretaria Municipal da Saúde. Dos sete, dois estão curados. Dentre os novos confirmados, há a primeira transmissão local. A doença foi contraída por um contato próximo de um caso confirmado que retornou da Espanha. Ainda há 23 situações sob investigação e 39 foram descartadas. Ao todo, 69 pessoas receberam atendimento.

No Rio Grande do Sul foram notificados 2.495 casos. Entre eles, 96 confirmados. Há, ainda, 132 casos suspeitos e 655 descartados. Outros 1.210 estão em análise para classificação do vírus. Quase metade dos casos, 41, se concentra em Porto Alegre. Os demais, 55, estão distribuídos em 30 municípios. Os dados são do último boletim epidemiológico, liberado às 17h, que traz os casos confirmados após exames e contraprovas feitas pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Sul (Lacen/RS). Alguns casos confirmados ao longo da segunda só entrarão no boletim de terça, 24, pois os laudos foram feitos em laboratórios privados e passam por contraprova no Lacen.

No Brasil, o Ministério da Saúde confirma 1.891 casos, com 34 óbitos entre eles. Todos os estados e o Distrito Federal já confirmaram casos. No mundo, são 332.930 casos confirmados, dos quais 14.510 evoluíram para óbito. Os dados são da Organização Mundial da Saúde.

Campanha para ficar em casa

Blitz agirá no Centro e bairros reforçando a importância do cidadão ficar em casa (Foto Reprodução)

As secretarias de Trânsito, Transportes e Mobilidade e da Segurança Pública e Proteção Social, em parceria com a Brigada Militar, iniciam na terça, 24, a Blitz pela Vida. Viaturas e servidores passarão em praças e parques centrais e dos bairros solicitando que as pessoas fiquem em suas casas. A medida será adotada por ainda haver muita circulação de pessoas nas ruas. O decreto publicado na sexta-feira, de fechamento de várias atividades, tem o intuito da redução da circulação de pessoas, evitando, assim, a transmissão do coronavírus.

A Blitz pela Vida também ocorrerá em vários pontos, com barreiras de orientação para motoristas. "Se não estiver dentro das normas, como trabalhadores de serviços essenciais, ir no supermercado e na farmácia, será orientado a ir para casa, principalmente os idosos, que estão no grupo de risco. Folders também serão distribuídos às pessoas para conscientização", informa secretário de Trânsito, Alfonso Wullenbrig Junior. A ação será realizada por tempo indeterminado.