Política

Samae e Cultura têm novos gestores

Eleições determinam mudanças no primeiro escalão da Prefeitura de Caxias
06 de abril de 2020 às 13:26

Barcarolo (D) assume comando do Samae, mas Moschen segue na autarquia (Foto Leticia Rossetti, Divulgação)

Em razão do calendário das eleições municipais de outubro, que exige o afastamento, seis meses antes do pleito, de detentores de cargos geradores de despesas que queiram concorrer, a Prefeitura de Caxias mudou em duas posições de comando. A presidência do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) passa a ser exercida por Ângelo Alberto Barcarolo em substituição a Idair Moschen, que segue na autarquia como diretor técnico.

Formado em Direito, Barcarolo tem 24 anos de atuação junto ao poder público em diversas unidades, em especial na Empresa Festa Nacional da Uva S/A, no período de 2001 a 2008. No Samae, atuou como assessor técnico de 2008 a 2016. Moschen deve ser candidato à Câmara Municipal pelo PSB.

A outra mudança ocorreu na Secretaria da Cultura, com o retorno de Paulo Périco à Câmara de Vereadores, que buscará a reeleição. Em seu lugar assumiu Luciane Perez, que já desempenhava a função de diretora executiva da pasta.

Formada em Turismo e com pós-graduação em Gestão de Pessoas, Luciane atuou como assessora técnica da Secretaria do Turismo de Caxias do Sul, de 2008 a 2011; foi gerente operacional do Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria da Região Uva e Vinho, de 2011 a 2015; coordenadora administrativa da Festa Nacional da Uva em 2016; e assessora política na Câmara de Vereadores de Caxias do Sul, em 2018 e 2019. Ela afirma que o desafio deste ano é a manutenção da economia criativa em meio à pandemia de coronavírus. "Temos que ser criativos para, ao passarmos por esse momento, não deixarmos desassistida a comunidade que depende da cultura”, argumenta.

Luciane já vinha atuando na secretaria da Cultura, desde o final de janeiro (Foto Andressa Gallo, Divulgação)