Esportes

SÉRIE D: Grená se prepara para jogos inéditos

10 de julho de 2019 às 10:13
Foto: Vitor Soccol, Caxias/Divulgação

Após tomar conhecimento do adversário do mata-mata decisivo valendo vaga na Série C, o Manaus, o Caxias deu início à preparação da equipe para o jogo de ida, que ocorre no domingo (14), no Estádio Centenário. A CBF deve confirmar o horário do jogo nesta quarta-feira (10). Mesmo antes de conhecer o adversário, o Caxias deu início à venda de ingressos, ao preço de R$ 20, com opção de meia-entrada.

Nesta terça-feira (9), a equipe do técnico Paulo Henrique Marques deu início aos treinos visando ao confronto contra o Manaus. Até domingo, o plantel deverá ter, pelo menos, mais cinco treinamentos. Diego Miranda cumprirá suspensão pelo acúmulo de cartões, mas os demais atletas do plantel estão à disposição do técnico para o confronto inédito contra o Manaus.

Fundado em 2013, o Gavião do Norte teve ascensão rápida no cenário futebolístico estadual. No mesmo ano de fundação, subiu à primeira divisão estadual. Depois, a equipe esmeraldina conquistou o tricampeonato amazonense (2017 a 2019). Na Série D, o clube tem mandado os jogos na Arena da Amazônia, estádio que foi palco da Copa do Mundo de 2014. O Manaus obteve 23 pontos nas primeiras fases da Série D. Foram sete triunfos, dois empates e apenas uma derrota na competição. A equipe marcou 23 vezes e sofreu 10 gols.

Nesta terça-feira, o técnico do Manaus, Welington Fajardo, revelou preocupação com a arbitragem que comandará o primeiro jogo, em Caxias do Sul. “Sempre achei que arbitragem influencia mais que temperatura. Temos que nos cercar de todos os aspectos. Acho que ela é o fator mais decisivo entre qualquer outra, inclusive a temperatura. Tem que ser um árbitro de qualidade, de alto nível”, disse Fajardo.