Política

REFORMA DA PREVIDÊNCIA: Audiência ocorre na segunda

Frente Parlamentar foi instalada no dia 26 de março
15 de abril de 2019
Foto: Foto: Vagner Benites, Divulgação

A Frente Parlamentar para o Debate Amplo sobre a PEC da Reforma da Previdência, em parceria com a Seccional Caxias da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), promove nesta segunda-feira (15), às 18h30, no plenário da Câmara de Vereadores, audiência publica para tratar do tema. A reunião faz parte da estratégia adotada pelo grupo de trabalho, instalado no dia 26 de março, na Câmara de Vereadores, cujo presidente é o autor da ideia, Rodrigo Beltrão/PT.

Segundo o presidente, a Legislativo de Caxias não pode se eximir do debate em torno do projeto encaminhado ao Congresso Nacional pelo presidente Jair Bolsonaro/PSL. “É um assunto que temos que debater com a comunidade, ainda mais que, atualmente, não contamos com representantes de Caxias do Sul na Câmara Federal. Por meio da Frente Parlamentar, o Legislativo Municipal cumpre papel importante nesse diálogo com a sociedade em torno de um assunto que impacta diretamente na vida dos trabalhadores”, ressaltou. Também fazem parte do grupo os vereadores Tatiane Frizzo/SD, como secretária; Adiló Didomenico e Alceu Thomé/PTB; Denise Pessôa/PT; Felipe Gremelmaier/MDB; Rafael Bueno e Velocino Uez/PDT; e Renato de Oliveira/PCdoB.

 

PARCERIA

 

Além da reunião pública em parceria com o Legislativo, a Comissão de Previdência Social da OAB Caxias do Sul ainda participará de debates em Antônio Prado, Nova Roma do Sul e São Marcos. As audiências visam analisar a proposta apresentada e a viabilidade jurídica e social, bem como levantar proposições sobre o tema e elaborar emendas para encaminhamento ao Congresso Nacional. Ações semelhantes estão sendo feitas pela Seccional do Rio Grande do Sul, por meio da Comissão Especial de Seguridade Social.

Conforme o presidente da OAB local, Rudimar Luis Brogliato, a Reforma da Previdência pode afetar a qualidade de vida de milhões de brasileiros. "Atento a isso, a Ordem, por meio de audiências públicas, pretende esclarecer à população quais são as modificações e implicações da proposta do governo", salientou.