Economia

Qualidade da safra de vinhos 2019 será colocada à prova

Associação Brasileira de Enologia realiza, neste sábado, a 27ª Avaliação Nacional
27 de setembro de 2019 às 08:44
Foto: Jeferson Soldi, Divulgação/Banco de Dados

A representatividade da Safra 2019 será conhecida neste sábado (28), no Pavilhão E do Parque de Eventos de Bento Gonçalves. É a 27ª Avaliação Nacional de Vinhos, promovida pela Associação Brasileira de Enologia (ABE). Serão quase mil apreciadores degustando ao mesmo tempo a mesma amostra, o que consagrou o evento como a maior degustação de vinhos de uma safra do mundo. O público degustará as 16 amostras mais representativas da Safra 2019.

A diversidade do público se une no gosto pelo vinho. Enólogos, sommeliers, vinhateiros e lideranças do setor vitivinícola confraternizarão com profissionais de diferentes áreas, idades e procedências. São apreciadores de sete países (Brasil, Chile, Espanha, Estados Unidos, França, Itália e Uruguai) e 10 estados (Bahia, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo), além do Distrito Federal.

Para o presidente da ABE, enólogo Daniel Salvador, este é o grande dia do vinho brasileiro. “Nenhum outro evento no mundo consegue reunir tanta gente diferente que tem em comum o gosto pelo vinho, independente de marca. Há 27 anos, promovemos o vinho brasileiro compartilhando na taça o resultado de cada safra. Movidos por uma vontade incontrolável em levar para os quatro cantos do mundo o vinho brasileiro, nós, enólogos do Brasil, criamos um movimento que não para de crescer e enchemos o peito sempre que falamos da Avaliação”, ressalta.

Nos bastidores deste grande evento, 95 alunos de Viticultura e Enologia farão o serviço do vinho num ballet que se repete a cada edição, coordenados por diretores da ABE. Serão 1.440 garrafas, 90 de cada amostra, para abastecer as 1.000 taças de vinho. No auditório, uma a uma, as amostras são servidas e degustadas por todos ao mesmo tempo. Assim que cada amostra é degustada, é feito o comentário do vinho por um dos 16 comentaristas convidados. Somente depois de degustar as 16 amostras é anunciado o resultado dos 30% e reveladas as 16 amostras selecionadas como as mais representativas da Safra 2019.

O trabalho para se chegar ao resultado

Para chegar a este resultado apresentado ao público, 120 enólogos avaliaram às cegas as 337 amostras inscritas por 47 vinícolas de cinco estados brasileiros e oito regiões produtoras: Vale do São Francisco (BA), Sul de Minas (MG), Leste de São Paulo (SP), Planalto Catarinense (SC) e Serra Gaúcha, Campanha, Serra do Sudeste e Campos de Cima da Serra (RS). As degustações aconteceram de 27 de agosto a 5 de setembro no Laboratório de Análise Sensorial da Embrapa Uva e Vinho, seguindo normas internacionais.





Publicidade