Política

Podemos proíbe integrantes de entrarem no governo de Flavio Cassina

Manifestação foi feita pelo presidente municipal Antonio Feldmann
24 de dezembro de 2019 às 15:04
Foto: Rodrigo Rossi, Divulgação

A Executiva do Podemos de Caxias do Sul manifestou-se por meio de nota oficial nesta terça-feira (24) informando a proibição dos associados da sigla de integrarem quaisquer cargos em comissão (CCs) na gestão do novo prefeito Flavio Cassina (PTB). Caso algum membro filiado ao partido desobedeça a determinação, o mesmo será desligado. A ordem foi anunciada pelo presidente municipal do Podemos, Antonio Feldmann.

Veja abaixo a integra da nota divulgada nesta véspera de Natal.

 

“A Executiva do Podemos de Caxias do Sul vem a público para informar:

Diante do novo cenário político-administrativo de Caxias do Sul, e a formação do novo governo municipal, decidimos por unanimidade descartar qualquer participação do partido na ocupação de cargos de confiança.

Dessa forma, nenhum filiado do Podemos de Caxias do Sul poderá compor o governo que está se instalando na cidade após impeachment do prefeito Daniel Guerra. A desobediência a essa decisão acarretará desligamento automático de qualquer filiado do partido.

Assina: Comissão Provisória Podemos Caxias do Sul

Antonio Feldmann – Presidente”.