Economia

Petrobras investirá em projetos de startups e pequenas empresas

Estatal reservou R$ 10 milhões para financiar até 10 iniciativas inovadoras
22 de agosto de 2019 às 10:08

A Petrobras lança, nesta quinta-feira (22), em parceria com o Sebrae RS, uma chamada de projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) voltada para startups e pequenas empresas inovadoras. O edital prevê o financiamento de até 10 projetos, em seis diferentes áreas, com valores que vão de R$ 500 mil a R$ 1,5 milhão, totalizando R$ 10 milhões nessa etapa. O evento ocorrerá às 10h30, no Espaço de Negócios Sebrae, em Porto Alegre. 

A iniciativa faz parte do programa Petrobras Conexões para Inovação e foi criado para estimular o desenvolvimento de soluções tecnológicas que atendam às necessidades de negócio de petróleo, gás e energia. “Essa é apenas a primeira iniciativa que visa aproximar a Petrobras das startups. Por meio dela, investiremos até R$ 60 milhões nos próximos cinco anos em projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação”, explica Orlando Ribeiro, gerente executivo Centro de Pesquisas e Desenvolvimento da Petrobras (Cenpes).

As empresas contempladas terão acesso a fontes de recursos financeiros, base de clientes, investidores e rede de mentores, além de tempo para amadurecer e validar soluções propostas e ampliar sua visibilidade de mercado. “Queremos encontrar pequenas empresas e startups que atuem na área de tecnologia para superarmos juntos o período crítico que vai da concepção de uma tecnologia ou solução inovadora até sua viabilidade comercial”, explica o engenheiro da Petrobras e líder do projeto, Ricardo Ramos. Estudos apontam que muitos projetos e empresas fracassam nessa fase. 

A parceria com o Sebrae, nesse sentido, é estratégica. Além de estar presente em praticamente todo país, a instituição é especializada na capacitação de micro e pequenas empresas para sua inserção competitiva no mercado. “As empresas aprovadas no programa contarão com o Sebrae durante toda a execução dos projetos. Este apoio será fundamental para promover a melhoria do nível de competitividade do negócio durante a execução do projeto e para que tudo ocorra em consonância com as regras impostas pelo regulamento da Agência Nacional de Petróleo”, explica o diretor técnico do Sebrae, Bruno Quick. 

Quem pode participar?

Toda micro ou pequena empresa inovadora, com ou sem parceria de instituições científicas e tecnológicas, pode apresentar projetos nas áreas de tecnologias digitais, captura e utilização de carbono, novas energias, nanotecnologia, corrosão e catalisadores. As inscrições podem ser feitas até 5 de setembro no site http://www.sebrae.com.br/editalpetrobrassebrae/2019.  





Publicidade