Variedades

Peça teatral resgata ato de violência

“A mulher arrastada” será apresentada, nesta sexta, no espaço Tem Gente Teatrando
27 de setembro de 2019 às 10:01
Foto: Regina Peduzzi Protsko, Divulgação

Nesta sexta, Caxias do Sul recebe o espetáculo "A Mulher Arrastada", inspirado nos últimos momentos de Cláudia Silva Ferreira, que teve o corpo arrastado por um camburão da polícia do Rio de Janeiro. A apresentação, que faz parte do Circuito Palco Giratório Sesc, será no Tem Gente Teatrando – Espaço Cultural (Rua Regente Feijó, 37), a partir das 20h.

Entrelaçando fato verídico e criação ficcional, a obra é inspirada no caso real ocorrido em 2014, quando Cláudia, após ser baleada, teve o corpo atirado às pressas em uma viatura e arrastado ainda com vida em meio ao tráfego da capital fluminense, sob o olhar horrorizado de motoristas e pedestres. A montagem mostra a figura trágica de Cláudia - negra, pobre, 38 anos, auxiliar de serviços gerais, mãe de quatro filhos biológicos e quatro adotivos - reivindicando o que durante a cobertura jornalística do caso foi aos poucos apagado: o seu nome, elemento este que foi substituído pela impessoal, violenta e cruel alcunha de "Mulher Arrastada".

Os ingressos custam de R$ 10 a R$ 20 e podem ser adquiridos no local do evento a partir das 19h. Mais informações pelo telefone (54) 3209.8250 ou no site www.sesc-rs.com.br/caxias_do_sul.





Publicidade