Política

Oposição avalia que secretária só enrolou

Vereadores definem convocatória de Renata Carraro como algo em vão
22 de agosto de 2019 às 09:37
Foto: Gabriela Bento Alves, Divulgação

A convocatória da secretária de Turismo de Caxias do Sul, Renata Carraro, ocorrida nesta terça-feira (20), na Câmara de Vereadores, ainda repercutiu na sessão de ontem (21). O tema foi levantado pelo vereador Alberto Meneguzzi/PSB. Segundo o parlamentar, ela não respondeu a todos os questionamentos feitos em plenário. Defendeu que as convocações sejam feitas também nas comissões, onde há mais tempo para questionamentos.

Entretanto, o ponto mais polêmico do pronunciamento foi sobre um comentário publicado na mídia local, ontem, de que ele teria sido deselegante ao comentar sobre a aprovação, em segundo lugar, de Renata Carraro, no último concurso do Município, para o cargo de turismólogo. “Esse é o meu estilo e eu vou continuar atuando nele, que me elegeu e que sempre adotei como jornalista. Não vou deixar passar oportunidade alguma, enquanto houver convocação de secretário, de perguntar aquilo que acho que devo perguntar. Reafirmo que ela não tem competência nenhuma para ser secretária de Turismo, mesmo que tenha formação na área. Não há política para área de turismo e ela veio aqui nos enrolar”, afirmou Meneguzzi.

NADA RESPONDEU

Em aparte, o vereador Velocino Uez/PDT avaliou que Renata Carraro não respondeu a nenhuma pergunta feita pelos colegas. Entre elas, citou o questionamento sobre quais as entidades que teriam sido ouvidas para referendar a decisão do Executivo em sair da região turística da Uva e do Vinho e ingressar na das Hortênsias. “A Paula questionou, Adiló questionou, Périco questionou. Não respondeu por que nenhuma foi ouvida. Quando disse que todos os secretários, ao entorno do Município, estão de acordo, mentiu. O vereador Toigo mostrou que, na imprensa, todos se colocaram contra. Até estava pensando em convocar o secretariado sobre a curva do Tchaco, já que um empurra para o outro. Se é para vir aqui para não ouvir resposta, não adianta gastar dinheiro. É perder tempo”, enfatizou o pedetista.

Líder de governo tenta desviar o debate

A declaração de Alberto Meneguzzi sobre a participação de Renata Carraro no concurso da Prefeitura desagradou o líder de governo, vereador Renato Nunes/PR, que resolveu defendê-la. Ele contestou a afirmação do socialista de que ela não tem competência para o cargo

 Nunes aproveitou a deixa para sair em defesa dos servidores públicos municipais. “Quando o senhor fala que ela não tem competência, que não passou num concurso, não sei se ela vai ser chamada ou não. A secretária ficou em 2º lugar. É uma coisa elogiável e aí o senhor diz que ela não tem condição. Quer dizer, então, que os servidores públicos que estão aí, que passaram em 10º lugar, 20º lugar, 30º lugar não têm condição também? Servidor público, ninguém presta, porque participou de um concurso público?”, questionou para Meneguzzi.

Na avaliação de Renato Nunes, a secretária respondeu as perguntas feitas em plenário. “Ela não vai responder as perguntas conforme o senhor [Meneguzzi] quer, conforme o senhor gostaria. Ela falou que Caxias não corre o risco de ficar fora do mapa do turismo, que protocolou os documentos em tempo hábil.

Temos que torcer a favor e não contra! Tenho a impressão que, aqui nessa tribuna, só porque não é o governo de alguns, não é o prefeito de alguns, parece que torce contra. Será que não observa que está torcendo contra a cidade, contra o povo, contra as pessoas que nos colocaram aqui, e que pagam os nossos salários”, exclamou o republicano.





Publicidade