Economia

Mercado de trabalho cai pelo quarto mês seguido

26 de setembro de 2019 às 08:58
Foto: Banco de Dados

Pelo quarto mês seguido, o mercado de trabalho de Caxias do Sul apresentou resultado negativo. Os dados liberados nesta quarta pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados da Secretaria do Trabalho apontam o fechamento de 538 vagas, o pior desempenho do ano. Em oito meses, o saldo é positivo em 2.680 empregos formais e, no acumulado de um ano, de 1.755. Em agosto do ano passado, o saldo foi positivo de 680 vagas e os acumulados do ano e de 12 meses eram, respectivamente, 125% e 159% superiores.

No mês passado, a geração de vagas somente foi positiva no setor de serviços, com saldo de 23. A maior perda, de 392 empregos, deu-se na indústria de transformação. O comércio fechou 104 oportunidades; a construção civil, 32; e o agronegócio, 28.

No período de oito meses, os saldos são positivos. A atividade de serviços lidera com 1.218 empregos, seguido por indústria com 1.032. A construção civil participa com 207 e o comércio, com 151. Em 12 meses, o setor de serviços gera 1.045 empregos; comércio, 567; e construção civil, 245. A indústria de transformação já apresenta redução de 117.

No Brasil, agosto marcou o quinto mês consecutivo de saldo positivo. Foram abertas 121.387 vagas. No acumulado de 2019 são 593.467 novos postos. No Rio Grande do Sul, a variação é negativa em 1.988 empregos. O saldo do ano é de 16.095 novas vagas e, em 12 meses, de 15.406.





Publicidade