Cidades

Memorial para eternizar Padre Enio

Espaço foi edificado com recursos da comunidade e Paróquia Pio X
13 de agosto de 2019 às 10:44
Foto: Felipe Padilha, Divulgação

Como forma de eternizar fisicamente o que na memória de muitos moradores do Bairro Pio X e também da cidade de Caxias do Sul já está, a Paróquia São Pio X inaugura nesta quarta-feira (14) o Memorial Padre Enio Tarasconi. A celebração, que terá benção solene, ocorrerá durante a missa das 18h.

O dia também marca o 5º ano de falecimento do padre, que atuou no bairro por mais de quatro décadas. “Foram 42 anos em que ele se dedicou de maneira muito profunda. Não só com as questões religiosas, mas socialmente e com o desenvolvimento do bairro. Muitas obras que hoje são de utilidade pública foram construídas por meio do seu apoio e engajamento”, destacou o pároco Izidoro Bigolin.

O espaço, anexo à sacristia da igreja, abriga paramentos litúrgicos, quadros, fotografias, livros e honrarias, bem como fotos, materiais e roupas de uso pessoal. Conta toda a trajetória, desde a ordenação como padre, até o seu falecimento em 2014, com 88 anos. São mais de 100 objetos expostos e outros tantos que foram catalogados e guardados, que em algum momento poderão vir a ser tornados públicos. “Trata-se de um padre que deixou legado muito grande, que sempre trabalhou em muitas frentes. O Memorial é uma forma de agradecer, de perenizar na história da comunidade a memória de quem empreendeu, inclusive, a construção da atual igreja (onde está sepultado) e marcou a vida de milhares de pessoas”, ressaltou.

FESTAS DE PIO X E DOS 60 ANOS

O ato de inauguração do Memorial dá início à programação da festa em honra a São Pio X, celebrado pela Igreja em 21 de agosto, e que será comemorada pela comunidade até o domingo (25). Estão agendadas celebrações, apresentações culturais e almoço de confraternização no Salão Paroquial São José. “Padre Enio dizia que o segredo da felicidade está em desejar ao próximo mais e melhor do que busco para mim. Por isso, vamos valorizar tudo o que foi feito para podermos preservar a história e, a partir disso, evangelizar mais e melhor”. O espaço poderá ser visitado antes ou após as missas, ou sempre que alguém solicitar uma visita. Em 2019, a Paróquia também completa 60 anos de criação.





Publicidade