Esportes

Mata-matas começam em Montevidéu

Internacional e Nacional do Uruguai duelam pela Copa Libertadores da América
24 de julho de 2019 às 10:24
Foto: Ricardo Duarte, Internacional/Divulgação

Nesta quarta-feira (24), a partir das 19h15, o Internacional volta suas atenções à disputa da Copa Libertadores da América, quando enfrenta o Nacional, no Uruguai, no primeiro duelo das oitavas de final do torneio. A volta está agendada para a quarta-feira (31), no mesmo horário, no Estádio Beira-Rio. O grupo do Internacional desembarcou em Montevidéu nesta terça-feira (23) e fez um último treinamento na capital uruguaia.

A delegação capitaneada pelo técnico Odair Hellmann não levou Rodrigo Dourado nem Emerson Santos. O volante permaneceu em Porto Alegre a fim de se recuperar de lesão no joelho, enquanto Santos sofreu estiramento muscular no Grenal e foi poupado.

Em Porto Alegre, antes do embarque, Paolo Guerrero havia se manifestado a jornalistas sobre as dificuldades que espera ter em Montevidéu. “Sabemos que os clubes uruguaios são competitivos. Temos que fazer a mesma coisa, lutar, dividir, competir. Jogando o nosso futebol poderemos criar muitas situações e chegar aos gols”, disse o peruano. A proposta de Odair Hellmann no embate deve ser de aproveitamento dos contra-ataques, acreditando que o Nacional vá propor o jogo.

Na fase de grupos, o Colorado teve a melhor campanha do Grupo A, com 14 pontos em seis rodadas, sendo quatro vitórias e dois empates. A equipe balançou as redes 11 vezes e sofreu seis gols. O Nacional, por outro lado, se classificou em segundo lugar no Grupo E, com 13 pontos, sendo quatro vitórias, um empate e uma derrota. A campanha do time foi idêntica à do líder Cerro Porteño, que teve melhor saldo de gols. O Nacional marcou só cinco gols na fase classificatória, mas também teve a segunda melhor defesa, com só dois gols sofridos.

Neste início de semana a direção colocou fim aos boatos sobre uma possível saída de Edenilson. O volante teve o vínculo estendido até o final de 2022.