Esportes

Marquinhos Santos deixa o comando técnico do Ju

Técnico foi contratado pela Chapecoense para o segundo turno da Série A do Brasileirão
17 de setembro de 2019 às 11:21
Foto: Arthur Dallegrave, Juventude/Divulgação

Marquinhos Santos não é mais técnico do Juventude. Desde o fim do confronto contra o Náutico, no domingo (15), haviam surgido especulações sobre a saída do técnico que levou o Papo à Série B do Brasileirão. Na tarde desta segunda-feira (16), Santos foi anunciado como reforço na Chapecoense, que luta contra o descenso na Série A. Com a ida de Marquinhos ao clube catarinense, Fahel será o técnico interino do Verdão na reta final da Série C.

Apresentado no Estádio Alfredo Jaconi no dia 12 de março, Marquinhos Santos integra o rol de grandes personalidades que passaram pelo Juventude. Em 31 jogos pelo Verdão, foram 11 vitórias, 14 empates e seis derrotas. Ao todo, o Juventude marcou 31 gols e sofreu 27 tentos. O time foi gigante na Copa do Brasil, derrotando clubes tradicionais como Botafogo e Vila Nova, e só foi eliminado nas oitavas de final pelo Grêmio.

De acordo com Osvaldo Pioner, diretor-geral do clube, Marquinhos Santos tem no contrato a obrigação de retornar ao Estádio Alfredo Jaconi no dia 15 de dezembro para iniciar os trabalhos visando à temporada de 2020. Ele tem contrato com o clube até o fim de 2021. Na coletiva pós-jogo de domingo, Marquinhos Santos assegurou que estará na casamata do Juventude no próximo ano e que integra o projeto de reconstrução do clube, que tem como objetivo recolocar o Ju na Série A.

Vitória veio com emoção

Foi no apagar das luzes, mas o Juventude derrotou a equipe do Náutico por 2 a 1 na noite deste domingo, no jogo de ida das semifinais da Série C, e está a um empate da vaga na final do campeonato. Depois de um início desatento, com os pernambucanos à frente do placar no primeiro tempo, o Ju reagiu na etapa final. Aos 24 minutos, Poveda empatou e, aos 51 minutos, Eltinho cobrou falta com maestria e fez o torcedor jaconero soltar o grito da vitória.

O duelo de volta das semifinais está agendado para o domingo (22), no Estádio dos Aflitos, em Recife, a partir das 18h. Para chegar à decisão, o Verdão precisa de um empate. O Náutico precisa vencer por dois gols de diferença. Triunfo da equipe anfitriã pelo escore mínimo leva a decisão para os pênaltis. No outro jogo das semifinais o Sampaio Corrêa (MA) fez 2 a 0 sobre o Confiança (SE), em Aracaju.





Publicidade