Economia

METALÚRGICOS: Sem avanços nas negociações do dissídio

26 de junho de 2019 às 12:29

As comissões de negociação dos empresários e dos trabalhadores metalúrgicos tiveram nova rodada nesta terça (25) visando à busca de acordo para o dissídio coletivo, que tem data-base em 1º de junho. O Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico (Simecs) reforçou a proposta para fechamento de 4,78%. Já o Sindicato dos Metalúrgicos não apresentou contraproposta.

O presidente do Simecs, Reomar Slaviero, salientou que a entidade continua reiterando que, diante da incerteza dos mercados e da lentidão da efetiva retomada da economia, o momento pede cautela. “Vivemos momento de retração nas previsões de crescimento, com quedas semanais no comportamento do Produto Interno Bruto. Esse recuo já representa menos de um terço das projeções do início do ano”, ponderou.