Economia

Lideranças empresariais indicam prioridades para a Serra

Definições foram encaminhadas durante iniciativa da Federasul, em Bento Gonçalves
12 de agosto de 2019 às 09:55
Foto: Exata Comunicação, Divulgação

Engajamento e coletividade foram as palavras de ordem do Fórum Federasul “O Rio Grande em Transformação”, realizado no Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves, na quinta (8). Após agenda de trabalho, lideranças regionais representantes de entidades políticas e setoriais elaboraram em consenso a relação das 10 macro-oportunidades de crescimento para a região. A listagem inclui demandas que contemplam várias microrregiões, como da Uva e Vinho, das Hortênsias e dos Campos de Cima da Serra.

Criado com o propósito de envolver a comunidade empresarial no necessário processo de transformação pelo qual o Estado precisa passar na busca pela retomada do crescimento, o Fórum Federasul quer colocar os empresários na condição de protagonistas na definição dos rumos estratégicos. A Serra foi a penúltima região do Rio Grande do Sul a receber o projeto, que já teve sete encontros e se encerrará na região Norte, em Passo Fundo. Os 10 principais projetos das necessidades regionais serão compilados num documento a ser entregue ao governador Eduardo Leite, durante o Congresso da Federasul, entre os dias 24 e 26 de outubro, em Gramado.

O encontro foi percebido como oportunidade de escrever um novo capítulo da história do Rio Grande do Sul, na opinião da presidente da entidade, Simone Leite. "Este ano será marcado por muitas mudanças, algumas rupturas e muita vontade de acertar. E qual é o nosso papel? Vamos esperar apenas que os gestores públicos transformem a realidade? Esperar o governador e os deputados fazerem as mudanças? Juntos, nós seremos protagonistas deste momento. Quando nos engajamos, o resultado aparece", disse.

 

As 10 macro-oportunidades

- Aeroporto Vila Oliva;

- Implementação da Zona Franca do Vinho;

- Cercamento eletrônico integrado;

- Ampliação e qualificação do abastecimento de água e tratamento de esgoto;

- Incremento da matriz produtiva industrial na Região da Serra Gaúcha;

- Regulamentar a lei que criou a Região Metropolitana da Serra Gaúcha;

- Atualização da tabela SUS;

- Concessão do anel viário da Serra (rodovias 453, 122 e 446); prolongamento da Rodovia do Parque; e nova concessão das rodovias 235 e 115 com obras de duplicação;

- Otimização e melhoria da eficiência na operação e taxas do Porto de Rio Grande;

- Viabilizar a operação do Aeroporto Regional de Vacaria