Economia

Keko lança inovadora capota rígida retrátil

Produto de alto valor agregado foi desenvolvido de forma pioneira no mercado brasileiro pela startup gaúcha ALLT Brasil
25 de abril de 2019 às 12:37
Foto: Jean Dal'alba, Divulgação

A Automec 2019 – Feira Internacional de Autopeças, Equipamentos e Serviços, que segue até sábado (27), em São Paulo, foi o palco para o lançamento da capota rígida retrátil Aluminum, produto inovador e de alto valor agregado para o segmento automotivo premium. A apresentação foi feita pela Keko Acessórios, que adquiriu o projeto, em maio do ano passado, da ALLT Brasil, startup criada em Caxias do Sul, em 2014. 

Em um ano, a produção diária saltou de uma para 10 unidades, com expectativa de alcançar entre 6% a 7% do faturamento global da companhia em 2019, podendo chegar a 10% nos próximos anos. “Visualizamos uma oportunidade de negócio para aumentar o mix de produtos e ter maior participação de mercado, com um produto inédito e inovador no Brasil focado no consumidor que busca segurança e proteção. Esse modelo de capota transforma a caçamba da picape em um porta-malas 100% seguro, como se fosse um carro sedan”, afirma o presidente executivo da Keko, Leandro Mantovani. 

Com patente requerida, a capota rígida retrátil aluminum até então era comercializada pela ALLT Brasil no mercado interno por venda online direta ao consumidor. A Keko ampliou os horizontes do projeto tendo como estratégia comercializar o produto inicialmente no mercado externo. As mais de 1 mil peças produzidas no primeiro ano foram embarcadas para 16 países na América do Sul e Central, África, Europa e Oceania.

Neste período, as vendas no e-commerce também cresceram, geridas pela Auto K, e a solução está em processo de homologação com três montadoras para fornecimento como produto original. Com o lançamento nacional, a Keko iniciará a venda da capota na rede de revendedores credenciados pela marca. “Com a nossa capacidade produtiva e tecnológica, estrutura comercial e rede de distribuição, conseguiremos alcançar as revendas do aftermarket em todo país”, reforça Mantovani.

Diferentemente dos outros modelos de capotas rígidas existentes no mercado, o produto da Keko recolhe totalmente até o final, permitindo a utilização da caçamba para o transporte de cargas de maior volume. Produzida em alumínio estrutural de alta resistência e outros materiais, como nylon e aço inox, tem trava antivandalismo. Com capacidade para suportar até 100 quilos na sua superfície, a capota possui exclusivo sistema triplo de vedação contra água e poeira.

Ideia surgiu há 14 anos

Diego Vergani e Maicon Roberto Boschetti, sócios da startup ALLT Brasil, tiveram a ideia em 2005, quando buscavam produtos diferenciados para suas picapes. Nos Estados Unidos descobriram uma capota rígida retrátil. Começaram a traçar os primeiros esboços para a criação de um modelo similar no Brasil, mas devido ao alto custo de desenvolvimento acabaram deixando o plano em stand-by.

Em 2013, já mais capitalizados, foram em busca de parceiros para consolidar o projeto, que foi desenvolvido em segredo durante dois anos. Em 2016, foram comercializadas cerca de 100 unidades para testes, mas a marca ALLT Brasil e o produto foram lançados oficialmente no mercado somente em março de 2017. O projeto foi desenvolvido 100% em Caxias do Sul, com tecnologia nacional. “Criamos esse mercado no Brasil. No início, ninguém acreditava que um produto com esse valor venderia aqui”, recorda Vergani, acrescentando que o sonho inicial já era vender a capota para concessionárias e montadoras.





Publicidade