Esportes

Juventude terá força total

Vitória simples sobre o Imperatriz leva equipe para a Série B do Brasileirão
06 de setembro de 2019 às 09:34
Foto: Arthur Dallegrave, Juventude/Divulgação

Contratado no início de março, após demissão do técnico Luiz Carlos Winck, Marquinhos Santos pode devolver o Juventude à Série B do Brasileirão na segunda-feira (9), quando o Verdão recebe o Imperatriz (MA), a partir de 20h. Até a tarde desta quinta-feira (5), mais de oito mil ingressos já haviam sido vendidos e a ideia da direção é de quebra do recorde de público da temporada, ultrapassando 13,1 mil pessoas. Os ingressos estão sendo vendidos por R$ 10, com opção de meia-entrada. Não há mais ingressos do combo de R$ 2 nem de troca de apostas da Timemania.

Somando a reta final do Gauchão, a Copa do Brasil e a Série C, Marquinhos Santos tem nove vitórias, 14 empates e cinco derrotas à frente do Juventude. Com 48% de aproveitamento, o Verdão está a uma vitória do retorno ao palco dos 40 maiores clubes do país. Para retornar à Série B, basta derrotar o Imperatriz por qualquer placar no tempo regulamentar ou nos pênaltis.

No treinamento desta quinta-feira, no CT esmeraldino, a equipe manteve a formação dos primeiros 90 minutos da decisão, com Felippe na lateral-esquerda. Entretanto, Eltinho está recuperado da lesão na lombar e surge como alternativa. Como titular, ele atuou em 12 jogos e marcou dois gols, mas não atua a três rodadas. No comando de ataque, Breno foi utilizado na equipe titular, substituindo Carlos Henrique, que foi poupado. No primeiro duelo da decisão, no Maranhão, houve empate sem gols e somente Marcelo Carné recebeu cartão amarelo. Assim, todo o elenco está à disposição da comissão técnica do Papo para o jogo do acesso.

Gaúchos na Série B?

Além do Juventude, outros dois clubes gaúchos disputam vagas na Série B de 2020. O Ypiranga de Erechim foi derrotado pelo Confiança no primeiro duelo das quartas de final, em Sergipe. Para chegar ao acesso, o Canarinho precisa de vitória de 2 a 0. Se devolver o placar mínimo, a decisão será nos pênaltis. O caminho do São José é mais tortuoso. O Zequinha ficou no 0 a 0, em Porto Alegre, e terá que buscar o placar fora de casa, contra o Sampaio Corrêa (MA). Os dois jogos serão neste sábado (7).





Publicidade