Economia

Inovação é tema dos discursos na abertura da 28ª Mercopar

Feira reúne 315 empresas expositoras até esta quinta, no Parque de Eventos da Festa da Uva
02 de outubro de 2019 às 10:28
Foto: Daniel Bianchi, Divulgação

A inovação foi destaque na fala das autoridades que participaram da cerimônia de abertura da 28ª Mercopar – Feira de Inovação Industrial. O presidente do Sistema FIERGS e do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae RS, entidades promotoras da feira, Gilberto Porcello Petry, ressaltou que conhece a feira há muito tempo. “Sou testemunha dos resultados dessa iniciativa que começou há 28 anos, ainda quando o mundo era analógico. Essa edição marca um novo ciclo da Mercopar, agora já no mundo digital que vivemos neste século 21”, observou. Antes do início dos pronunciamentos, um robô posicionado à frente do palco saudou o público presente à abertura.

Petry afirmou que a dinâmica das empresas passou a exigir novas formas de pensar, conceber e modelar produtos e seus processos. Mas também fez referência ao fato de que as organizações precisam trabalhar com custo compatível, honrando seus compromissos, e gerando lucro. “Sem resultado, não cresce e quebra”, observou.

O diretor técnico do Sebrae Nacional, Bruno Quick, disse que o evento não acontece em Caxias do Sul por acaso. “Essa feira nasceu como subcontratação industrial e agora é um espaço de inovação. Ela é um exemplo a ser seguido no Brasil. Agosto foi o melhor mês em cinco anos para o emprego e o melhor desempenho da indústria. O desenvolvimento industrial voltou”, assinalou Quick.

O representante do Sebrae acrescentou que, após longa e grave crise, o Brasil mostra que escolheu alcançar ser uma Nação desenvolvida. Para isto, defendeu que o empresário seja um cidadão mais participativo.

Para o secretário de Inovação, Ciência e Tecnologia, Luis Lamb, o Estado colocou a inovação como o centro da sua economia. “Essa região está mostrando que podemos dar mais um passo. Este é um ambiente propício para muita interação”, acrescenta.

A exposição abre à tarde, das 13h às 20h. Pela manhã são realizadas palestras, workshops e outras atividades. A próxima edição está confirmada para o período de 6 a 8 de outubro, em Caxias do Sul.

 

FIERGS e Estado lançam programas de incentivo

 

Após a abertura da Mercopar, o presidente da FIERGS, Gilberto Porcello Petry, lançou o Edital Gaúcho de Inovação para a Indústria, promovido em parceria com o Sebrae, Sesi, Senai e IEL, com apoio Secretaria de Inovação, Ciência e Tecnologia do Estado. O objetivo é promover a cultura da inovação e aumentar a competitividade da indústria gaúcha.

Serão repassados de R$ 120 mil a R$ 480 mil por projeto nas áreas de atuação dos institutos do Senai, do Centro de Inovação Sesi em Fatores Psicossociais ou em linha de projeto transversal Sesi e Senai. Além dos recursos financeiros, o projeto aprovado terá acesso ao know how das instituições para o desenvolvimento da ideia e utilização dos centros de pesquisa, desenvolvimento e inovação do Senai e do Sesi.

As empresas devem submeter sua ideia no endereço www.egii.com.br. A divulgação da primeira chamada com os projetos aprovados será feita até o fim de dezembro.

Também foi lançado o programa Rede Indústria 4.0, que visa preparar as empresas para esta nova era de tecnologias. Segundo Petry, o entendimento desta novidade é vital para alavancar a produtividade, cada vez mais necessária para participar do mercado globalizado. “Precisamos, desde já, nos preparar para o futuro acordo com a Comunidade Europeia”, enfatizou. O secretário Luis Lamb também anunciou o lançamento do Inova RS para as regiões da Serra e das Hortênsias.

 

Bento adere ao Cidade Empreendedora

 

Bento Gonçalves está entre as 30 cidades gaúchas que participarão do Programa Cidade Empreendedora do Sebrae neste ano, lançado nesta terça-feira, durante a 28ª edição da

Mercopar. A iniciativa do Sebrae visa integrar a gestão pública e pequenos negócios em um ambiente de oportunidades para estimular a economia local e desenvolver os municípios. O programa tem como foco melhorar o ambiente de negócios pela implantação de políticas públicas e ações de desenvolvimento para os pequenos negócios.

O prefeito Guilherme Pasin destacou que o programa Cidade Empreendedora traz um novo olhar para o empreendedorismo. "Este ato marca o início de um programa que será um importante impulsionador do desenvolvimento econômico local ao fomentar o empreendedorismo".