Comunidade

INDICADORES: Mercado eleva estimativa da inflação

Instituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) aumentaram levemente a estimativa para a inflação este ano. A previsão para o Índice Nacional
12 de março de 2019

Instituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) aumentaram levemente a estimativa para a inflação este ano. A previsão para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) passou de 3,85% para 3,87%.

Em relação a 2020, a previsão permanece em 4%. Para 2021 e 2022, também não houve alteração na estimativa: 3,75%. As projeções estão no boletim Focus, publicação semanal elaborada com base em estimativas de instituições financeiras sobre os principais indicadores econômicos.

Para o mercado financeiro, a Selic deve permanecer no seu mínimo histórico de 6,5% ao ano, até o fim de 2019. Para o final de 2020, a estimativa é 8% ao ano, mesma indicação para 2021 e 2022.

A estimativa para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) foi ajustada de 2,30% para 2,28%. Para 2020, a estimativa subiu de 2,70% para 2,80%. Em 2021 e 2022, a expectativa segue em 2,50%. A previsão do mercado financeiro para a cotação do dólar permanece em R$ 3,70 no final deste ano e em R$ 3,75 no fim de 2020.





Publicidade