Variedades

Eleição para Conselho Tutelar tem 2,7 candidatos por vaga

Assembleia do Comdica abre espaço, nesta quarta, para apresentação de perfis e propostas
11 de setembro de 2019 às 10:46
Foto: Divulgação, Banco de Dados

O conselheiro tutelar tem por dever atender crianças e adolescentes diante de situações de violação de direitos, bem como aconselhar pais ou responsáveis. Na busca por este posto estão 27 pessoas, que disputam 10 vagas nas eleições marcadas para 6 de outubro, com urnas instaladas nos colégios La Salle Carmo, Murialdo e São José, em Caxias do Sul.

Toda pessoa em dia com a Justiça Eleitoral pode votar. Basta comparecer a um dos três locais, com título de eleitor e documento com foto. “Em razão do voto não ser obrigatório, a adesão nos últimos pleitos tem sido baixa, na ordem de 10 mil, levando-se em conta que Caxias do Sul tem um colégio eleitoral de cerca de 230 mil pessoas. Convocamos a população a participar, pois é o conselheiro tutelar quem trabalhará para dar conta das problemáticas que afligem crianças e jovens”, destacou Odete Araldi Bortolini, presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica), que coordena o processo eleitoral.

Caxias do Sul conta com dois Conselhos Tutelares, Norte e Sul, vinculados à Fundação de Assistência Social (FAS). Para cada unidade, são dispostas cinco vagas, além de cinco suplentes. Além de idade mínima de 21 anos, ensino médio completo e experiência na defesa de crianças e adolescentes, todos precisaram cumprir uma série de requisitos para concorrer ao cargo. Entre os principais, curso preparatório gratuito de políticas de atendimento à criança e ao adolescente, prova escrita e teste psicológico. Até a votação, os candidatos podem fazer campanha conforme a instrução normativa que orienta o processo.

 

Apresentação e exposição de propostas

 

O Conselho Tutelar pode ser acionado por meio de denúncias anônimas ou não, e aplicar medidas de proteção às crianças ou adolescentes, que podem ser de orientação, aconselhamento, advertência, requisição de serviços públicos nas áreas de saúde, educação, serviço social, previdência, trabalho e segurança, encaminhando ao Ministério Público ou autoridade judiciária os casos de sua competência. “É importante que o eleitor possa votar no candidato que, efetivamente, está qualificado para acolher as demandas do Município, garantindo a proteção e acesso às políticas públicas dos casos atendidos”, destacou Odete Araldi Bortolini.

O Conselho Tutelar Sul atende pelo número (54) 3216.5500 e o Norte pelo (54) 3227.7150. Os conselheiros também podem ser acionados pelo número de plantão (54) 9 8408.0066. Para que a população conheça melhor os candidatos, o Comdica realizará assembleia, nesta quarta (11), das 8h30 às 11h30, na Câmara de Vereadores, para apresentação dos perfis e objetivos.

 

Nominata e número

11 - Carine Peres da Silva Focardi Cardoso

12 - Cassiano Jorge Fontana

13 - Cheila Maria da Silva

14 - Cristiane da Luz

15 - Cristiane Ferreira

16 - Cristiano Marcos Vitali

17 - Cristopher Sérgio da Silva Vargas

18 - Daiane da Cruz

19 - Evandra Regina Pellin

20 - Gilmar Ferreira Santos

21 - Isaac Gomes Aguiar

22 - Johnatan Boeira Rodrigues

23 - Josué Orian da Silva

24 - Karine Fortes da Gama

25 - Loci Teresinha de Almeida Prux

26 - Maria Aparecida Ross Pereira

27 - Marjorie Monique Sasset

28 - Mauricio da Silva Abel

29 - Maxwel Abreu da Silva

30 - Michel Sonda

31 - Nelson Junior Turella

32 - Paulo Roberto Pereira

33 - Priscila Vilasboa

34 - Rosane Biurrun Martins Curto

35 - Roseli Gimenez De Matos

36 - Sharon Ramos Vieira

37 - Wagner Ricardo Padilha da Silva