Cidades

Dom José Gislon é o novo bispo de Caxias do Sul

27 de junho de 2019 às 12:30

Na manhã desta quarta-feira (26), a Diocese de Caxias do Sul anunciou a nomeação do novo bispo responsável pela Igreja Católica na região. Trata-se de Dom José Gislon, 62 anos, atualmente responsável pela Diocese de Erechim. Gislon assumirá a nova função no dia 8 de setembro, durante o 85º aniversário da criação da Diocese de Caxias do Sul. Ele substituirá Dom Alessandro Ruffinoni, que se ausentará do cargo devido à limitação de idade.

Mestre em História da Igreja pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma, Gislon nasceu em 23 de fevereiro de 1957, na cidade de Dona Emma, em Santa Catarina. Fez sua profissão religiosa no Seminário Santa Maria, dos Freis Capuchinhos, em Irati, no Paraná, a partir de 1978. A ordenação sacerdotal aconteceu em 28 de maio de 1988. Em 2012, foi nomeado bispo da Diocese de Erechim pelo Papa Bento XVI, cargo que ocupa desde então.

Em entrevista à Rádio Caxias, Gislon afirmou que já tomou conhecimento da realidade de Caxias do Sul e das mais de 30 cidades que integram a Diocese. Explicou que não há muitas diferenças entre as populações de Erechim e de Caxias do Sul, principalmente em relação ao contexto da fé. Afirmou que pretende dialogar com os poderes Executivo e Legislativo dos municípios da região para que possam construir pontes para aproximar a Igreja da população.

O novo bispo também disse que pretende ser um pai para os padres e seminaristas que o procurarem, além de ensinar a palavra de Deus a todos que precisarem. Entre suas metas está a atenção às demandas da sociedade. Em maio deste ano, Dom José Gislon assumiu a presidência da Regional Sul 3 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, da qual era vice-presidente desde 2015.

Após o anúncio, Dom Alessandro Ruffinoni afirmou que ainda não tem certeza sobre o que fará após deixar o cargo. Uma das opções é dar seguimento ao processo de criação da Diocese de Passo Fundo, projeto no qual trabalha há cerca de um ano.





Publicidade