Política

Daniel Guerra usa redes sociais e promete recorrer do impeachment

Manifestação aconteceu cerca de uma hora após final da sessão extraordinária
22 de dezembro de 2019 às 15:03

O agora ex-prefeito Daniel Guerra (Republicanos), que sofreu o impeachment na manhã deste domingo (22), se utilizou das redes sociais para lamentar a decisão dos vereadores e prometer que irá recorrer judicialmente. O republicano publicou em sua conta imagem com a seguinte frase: “Hoje se materializou o maior ataque à democracia. Buscaremos o que é de direito da população nos diversos remédios judiciais”.

Na manhã de sexta-feira (20), quando a Câmara Municipal de Caxias do Sul deu início ao processo de impeachment, Daniel Guerra havia impetrado liminar para suspensão dos trabalhos junto ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília. Até agora, não houve sequer uma manifestação dos magistrados. Como consequência do impeachment, Daniel Guerra terá de deixar o Executivo imediatamente, sendo substituído pelo atual presidente do Legislativo, Flavio Cassina (PTB).

Durante a manhã deste domingo, o prefeito havia utilizado as redes sociais para ofender os vereadores que votassem a favor do impedimento. Na publicação, Daniel Guerra disse que os parlamentares eram marginais que atacavam e roubavam.