Economia

DISSÍDIO: Comerciários fecham acordo em 3,31%

18 de julho de 2019 às 08:58
Foto: Lisiane Zago, Divulgação

A convenção coletiva de trabalho 2019/2020 para o comércio varejista de Caxias do Sul, Antônio Prado, Flores da Cunha, Nova Pádua e São Marcos foi fechada dentro da data-base, a partir da obtenção do consenso entre as comissões de negociação do Sindilojas e do Sindicato dos Empregados no Comércio. Ficou acordado reajuste 3,31%, índice que se refere à reposição do Índice Nacional de Preços, elevando o piso normativo da categoria para R$ 1.344. Para comerciários comissionados, o piso passa a ser de R$ 1.625.

Além de manter as cláusulas sociais já negociadas, a convenção também fixa que o auxílio-creche passa a ser de R$ 280. Já o bônus para jornada de trabalho aos domingos ficou em R$ 70 e, para feriados, R$ 138, sem direito à folga compensatória.

O cálculo para férias e 13º salário passa a ser resultado da média de ganhos dos últimos 12 meses e o descanso pode ser fracionado em três períodos, de acordo com o modelo praticado a partir da Reforma Trabalhista. Outro avanço favorece mães comerciárias, que terão permissão para trabalhar em domingos sem necessidade de anuência do sindicato laboral, como acontecia anteriormente.  





Publicidade