Cidades

Cidade pode desaparecer do Mapa do Turismo Brasileiro

Prefeitura busca apoio da CIC para reverter decisão
30 de julho de 2019 às 09:22
Foto: Mateus Argenta, Divulgação

A Prefeitura de Caxias do Sul tem até esta terça (30) para definir que rumo tomará em relação à sua presença no futuro Mapa Turístico do Brasil. A intenção da Administração é migrar para a Região das Hortênsias, deixando de participar da Uva e do Vinho. No entanto, liminar judicial concedida na sexta (27) pela 2ª Vara Especializada da Fazenda Pública proíbe a mudança, que não passou por discussão e votação na Câmara de Vereadores, uma exigência da Lei Orgânica do Município.

Na manhã desta segunda, por meio dos secretários do Turismo, Renata Carraro, e do Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Emprego, Emílio Andreazza, a Prefeitura buscou apoio da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços. Mas desde o início da possível mudança, o presidente da entidade, Ivanir Gasparin, se posicionou contrário.

Na reunião, Renata Carraro explicou as questões técnicas para a alteração. "A divisão por regiões turísticas é uma forma de organização do Ministério do Turismo e não tem a ver com a identidade da cidade. Não é a região turística que define a identidade do município. Caxias do Sul tem todo um passado histórico e uma tradição envolvendo uva e vinho e isso não vai se perder. O que queremos é avançar no turismo, agregando-nos na Região das Hortênsias e trabalhando fortemente na regionalização", argumentou.

Também disse existir um impedimento legal para renovação do convênio com a Associação de Turismo da Serra Nordeste para a Região da Uva e Vinho pela falta de prestação de contas. "O Ministério do Turismo exige que o município esteja atuante e Caxias do Sul não está, em função desse impedimento legal”, frisou. Os secretários apresentaram mapas mostrando que Caxias do Sul faz limite com quatro dos cinco municípios da Região das Hortênsias, além de trazerem uma pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística que mostra a cidade como metrópole dessa região do estado. 

 

Sugestão para voltar atrás

 

Preocupado com a possibilidade de a cidade ficar ausente do Mapa Turístico e, com isso perder recursos para projetos, o presidente do Conselho Municipal do Turismo, que havia acatado a proposta de integração de Caxias do Sul à Região das Hortênsias, defendeu voltar atrás na decisão. Em entrevista à Rádio Caxias, o presidente Jacson Papi afirmou que a comunidade não compreendeu os objetivos da proposta da Secretaria de Turismo e que era necessário maior diálogo com os setores interessados. Disse que a entidade não tem mais o que fazer diante da situação atual. “Aconselhamos a retroceder no objetivo de mudar, mas os próximos passos dependem da titular do Turismo”, ressaltou.