Economia

Cenário é de otimismo na Construsul

31 de julho de 2019 às 09:54
Foto: Paulo Gilberto Scola, Divulgação

Até a sexta (2), a Construsul (Feira Internacional da Construção) reunirá toda a cadeia produtiva que envolve os setores de construção, acabamentos e infraestrutura para apresentar inovação e tecnologia. Neste ano, atendendo a uma demanda do mercado, a feira ocorre das 13h às 20h, no Centro de Eventos da Federação das Indústrias, em Porto Alegre.

Para a promotora da Construsul, a Sul Eventos Feiras Profissionais, o otimismo do setor é perceptível. “A feira vive uma condição totalmente diversa da economia, os espaços foram todos comercializados, os expositores estão otimistas e apostando na volta do crescimento da construção civil”, avalia o diretor Paulo Richter. A expectativa para este ano é receber mais de 40 mil visitantes qualificados. Voltada para construtoras, lojistas de material de construção e profissionais do setor, a Construsul reúne em torno de 300 empresas expositoras com novidades para diversos segmentos da construção. 

Quando comparada a outros mercados, a construção civil é considerada pouco inovadora. No entanto, essa realidade vem mudando com o surgimento das construtechs, startups que apresentam soluções tecnológicas para a cadeia produtiva do setor. Estas empresas estão abrigadas no Espaço Construsul Construtechs. “Proporcionar esse espaço é fomentar um mercado que se desenvolve cada vez mais. Apesar do setor da construção civil ter recuado em alguns aspectos, hoje as construtechs são uma área que vêm recebendo mais aporte de investidores e esforços para que novas soluções venham à tona e as empresas prosperem no mercado”, pontua Ricardo Richter.

 

Presença de marcas regionais

Dentre as empresas participantes, está a Scheer Churrasqueiras, de Caxias do Sul. A empresa leva como destaque o sistema Lift Grill, um elevador motorizado que movimenta a grelha. O mecanismo pode ser combinado com a opção de espetos giratórios. Outra inovação é a Porteña Scheer, churrasqueira portátil concebida para áreas externas.

A Soprano, de Farroupilha, retorna depois de ausentar-se por cinco anos. A empresa mostra a linha de interruptores e tomadas e produtos para energia solar fotovoltaica; o mix de fechaduras digitais de sobrepor; e a fechadura 3 em 1 e o cilindro tetra de embutir substituível, ambos patenteados. A principal novidade é a fechadura Smart One para portas com puxadores, com a possibilidade de abertura por celular. Uma das novidades é a Praça Tecnológica, com auditório em formato de arena na área central da feira, com capacidade para 100 pessoas e duas palestras simultâneas, que abordarão temáticas e tendências tecnológicas do setor. A programação completa pode ser conferida em www.feiraconstrusul.com.br.