Coronavírus

CIC e Sindilojas suspendem atendimento ao público

Entidades empresariais fizeram os comunicados na quinta, 19
19 de março de 2020 às 21:43

Deliberações da CIC foram tomadas em reunião de lideranças empresariais na quarta, 18, à noite (Foto Marta Guerra Sfreddo, Divulgação)

A Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Caxias do Sul suspendeu, a partir de sexta, 20, até 5 de abril, todas as suas atividades e liberou os funcionários. O anúncio feito na quinta, 19, destaca que a medida foi tomada como forma de contribuir para a prevenção e o enfrentamento da propagação do coronavírus. A entidade já havia suspendido todas as atividades internas e a participação de seus representantes em eventos externos.

Na quarta à noite, 18, a diretoria da entidade reuniu o comitê de crise para deliberar sobre medidas para auxiliar no combate à doença. Conduzido pelo presidente da CIC, Ivanir Gasparin, o encontro emergencial serviu para conhecer a situação de cada setor e as medidas que estão sendo adotadas para evitar o avanço da Covid-19 no âmbito das empresas.

Seguindo a orientação das autoridades de saúde de evitar aglomerações, o comitê recomenda, além de todas as medidas protetivas, que as entidades estabeleçam acordos coletivos emergenciais com as representações dos trabalhadores do seu setor, como já fizeram os sindicatos das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico e do Comércio Varejista, para acordar possíveis alternativas de suspensão imediata das atividades, como trabalho remoto, férias coletivas, banco de horas e flexibilização de jornada.

O objetivo é reduzir a circulação de pessoas e desacelerar o contágio da doença, protegendo toda a população. Setores essenciais como supermercados, farmácias e postos de combustíveis, por exemplo, devem se orientar pelo que determina o decreto municipal.

A médica infectologista Giorgia Torresini apresentou um panorama a respeito das estatísticas do coronavírus no Rio Grande do Sul e em Caxias do Sul, salientando que as duas próximas semanas serão cruciais para conter o avanço da Covid-19. “São necessárias medidas mais restritivas neste momento”, assinalou.

Também estiveram na reunião diretores jurídicos da CIC Caxias, que esclareceram dúvidas a respeito da legislação trabalhista em casos como esse. “Estamos vivendo tempos delicados. Devemos evitar o pânico e adotar medidas de precaução”, afirmou Gasparin.

Segundo ele, o momento é um desafio sem precedentes para a saúde pública e também para a economia, que deverá sofrer duramente o impacto sobre os negócios, comprometendo as pequenas e médias empresas, além dos empreendedores individuais. “Não é um momento fácil, mas acredito na superação. Vamos cuidar uns dos outros e das empresas”, destacou.

Atendimento remoto

O Sindilojas Caxias do Sul estará de portas fechadas a partir da segunda-feira, 23. A entidade dará férias coletivas a parte dos funcionários por 15 dias e atenderá, com quadro de trabalho enxuto, em regime de home office. Durante o período, os associados podem entrar em contato por e-mail ou telefone com os funcionários que estarão em trabalho remoto.

Esse formato de atendimento está previsto para ocorrer por 15 dias, mas pode ser estendido, dependendo das orientações dos órgãos de saúde. A medida segue a recomendação de evitar aglomerações de pessoas em função da emergência em saúde ocasionada pelo coronavírus.

Em razão da decisão também será suspenso, a partir de sexta, 20, o atendimento presencial do SCPC Boa Vista para a pessoa física que deseje verificar sua situação de crédito. As informações poderão ser acessadas em https://www.consumidorpositivo.com.br/, bastando preencher um cadastro. Esta forma de atendimento ocorrerá por tempo indeterminado, enquanto permanecer a recomendação de evitar aglomerações de pessoas.

Shoppings estão fechados

Em cumprimento ao decreto nº 20.831/2020, publicado em 18 de março, no Diário Oficial do Município, o Prataviera Shopping suspendeu suas atividades pelo prazo inicial de 30 dias, a partir da quinta-feira, 19. A medida poderá sofrer alterações de acordo com eventuais novas recomendações ou decretos vindos dos órgãos competentes. A partir da sexta, 20, o Prataviera funcionará somente com o serviço de delivery pelo período de 30 dias.

No Shopping Iguatemi apenas os serviços essenciais, como farmácias e mercados, seguem operando para atender as necessidades da população. A praça de alimentação funcionará das 12h às 20h, seguindo as orientações cumulativas dispostas no decreto municipal. Os estabelecimentos contam ainda com a opção de delivery para que os clientes peçam refeições sem sair de casa. O Carrefour atende das 8h às 22h. O GNC Cinemas suspendeu atividades por tempo indeterminado. O fechamento é válido pelo período de 30 dias, podendo ser prorrogada conforme orientações dos órgãos de saúde.