Cidades

Banda Municipal retorna ao Desfile da Independência

Grupo de 35 estudantes volta a se apresentar depois de três anos
05 de setembro de 2019 às 10:09
Foto: Adriano Zanandrea, Divulgação

Afinada. Assim está a Banda Escolar Municipal de Caxias do Sul, que se prepara para o Desfile da Independência. Após ficar três anos inativa, em 2019, a Secretaria Municipal da Educação (Smed) reativou o grupo que reúne, voluntariamente, 35 estudantes do Município que já participam das bandas de suas escolas, a fim de representar a cidade em apresentações diversas. “Qualquer atividade que envolve a arte é importante pela questão da formação humana, para o desenvolvimento das relações interpessoais, de socialização, disciplina, educação e responsabilidade dos alunos. Uma série de habilidades e competências é desenvolvida nesse processo, que complementa o sistema educacional”, destacou o assessor pedagógico referência das bandas escolares, Adriano Zanandrea, sobre a importância de reativar o grupo.

O processo seletivo dos integrantes da banda foi feito por dois professores, que são os regentes das outras 10 bandas existentes nos educandários municipais, Jéssica Thomé e Dinarte Paz. Foram consideradas questões como envolvimento com o instrumento e responsabilidade de ensaios - foram seis, realizados aos sábados, sendo o último nesta quarta-feira (4), na Escola Professora Ester Benvenutti, no Bairro Fátima. “Como eles têm as suas respectivas bandas, e muitos vêm do interior, foi um pouco complicado encontrar horários que contemplassem a todos. Mas, com certeza, faremos uma bela apresentação no desfile cívico”, assegurou.

Neste ano, a Banda fará uso dos instrumentos mais convencionais de percussão, dentre eles bumbos, surdos, caixas, liras, tarol e escaletas. Para 2020, a intenção é incluir os instrumentos de sopro do naipe de metais. Durante a apresentação do Dia 7 de Setembro serão executadas músicas usuais de bandas escolares, releituras de pop e composição de um dos regentes. A Banda Municipal deverá marchar pela Rua Sinimbu próximo às 10h30.

A última apresentação foi no desfile cívico de 2015. Logo após, a professora regente da banda se aposentou. Como não havia outro educador apto para fazer a regência, a banda teve as suas atividades suspensas. “Em 2016, foi aberto processo licitatório, mas os valores dispostos não agradou a pessoa que tinha se inscrito. No ano seguinte, conseguimos incluir os professores com formação em música, que já estão na rede, para fazer esse trabalho com as escolas. De maneira bem gradativa, conseguimos reativar a Banda” explicou.

As 10 bandas das escolas também tocarão no desfile. Em 2017, a Smed iniciou a reativação das bandas em cinco instituições. Em 2018, foram mais cinco, totalizando em torno de 400 estudantes. Durante a Semana da Pátria, o público pode conferir apresentações todos os dias na Praça Dante Alighieri, sempre no hasteamento e, em alguns, no arriamento das bandeiras.

Orgulho em participar

Dentre os estudantes escolhidos para integrar a Banda Municipal está Fernanda Sperotto, 14 anos, da Escola Governador Roberto Silveira, que toca lira. “Sempre gostei de ver as pessoas tocarem e, então, resolvi participar. Aprendo muito sobre música e instrumentos. Para o desfile, estamos nos esforçando bastante”. Luana Pelizzari, 14 anos, da Escola Fioravante Webber, domina o tarol. “Nas bandas, aprendo a conviver com as pessoas, além de aprender músicas novas", disse. 

Nicole Casagrande, 12 anos, da Escola Padre João Schiavo, revelou que adora música. “Fiquei muito feliz com o convite para participar dessa outra banda. Aprendemos muito sobre companheirismo, o que é bem legal”, conclui a estudante, que toca escaleta.

As ex-estudantes do Município Jaqueline Thomé, 16 anos, e Arielle da Silva, 18 anos, são as mors da Banda Escolar. “É uma responsabilidade grande comandar a banda. Mas eles tocam muito bem, mesmo sendo novos. Tocam melhor do que nós, na nossa época", destacou.

BOX

O grupo das 10

- Erny de Zorzi (Vila Oliva)

- Padre João Schiavo (Fazenda Souza)

- Ruben Bento Alves

- Engenheiro Mansueto Serafini

- Fioravante Weber

- Governador Roberto Silveira

- Professora Ester Justina Benvenutti

- Presidente Castelo Branco

- Fermino Ferronato

- Erico Verissimo (Vila Seca)





Publicidade