Polícia

Autor da morte de ex-namorada é condenado a 18 anos de prisão

31 de julho de 2019 às 09:47

O autor confesso da morte de Andressa Maria Suzin Ferreira, em 12 de agosto de 2018, foi condenado pelo Tribunal do Júri de Caxias do Sul, em sessão nesta terça. A sentença da juíza substituta da 1° Vara Criminal, Gabriela Irigon Pereira, impôs pena de 18 anos de prisão em regime fechado para Silvio Vasnei Guedes dos Santos. O promotor Alexandre Salim atuou na acusação e o advogado Adão Saulo da Rocha na defesa.

O crime aconteceu por volta de 21h45, na Rua Generoso Maynardo Cardoso, Bairro Pio X, em Caxias do Sul. Foi considerado um homicídio por motivo torpe, com as qualificadoras de ser um feminicídio, com uso de meio cruel e com recurso que dificultou a defesa da vítima. Na noite do assassinato, Silvio ligou para um irmão contando o que havia feito, e pedindo que fosse até a residência dele, onde encontrou Andressa morta no quarto. O corpo apresentava sinais de asfixia e golpes de objeto contundente na cabeça. Após oito dias, Silvio se entregou à Polícia Civil e confessou a autoria do assassinato, alegando legítima defesa.





Publicidade