Cidades

Aumenta a fiscalização sobre o comércio de flores nas ruas

Prefeitura já alertou floristas de que produtos serão recolhidos
10 de junho de 2019 às 13:00
Foto: SMU, Divulgação

Com ampliação do comércio nas vésperas do Dia dos Namorados, a Secretaria Municipal do Urbanismo (SMU) intensifica fiscalização aos vendedores ambulantes. Durante todo ano, os fiscais notificam ambulantes e apreendem as mercadorias do comércio ilegal. Porém, durante a semana de comemoração dessa data, aumenta o número de vendedores de flores e outros produtos nas calçadas e semáforos.

O comércio nas ruas é ilegal, de acordo com o Código de Posturas do Município, razão para a SMU coibir a sua prática na área central. Durante essa semana, os fiscais já vinham informando aos floristas de que deveriam se retirar das ruas. Desde esta sexta-feira (7), os comerciantes que descumprirem o alerta terão a mercadoria apreendida. Em fiscalização à tarde já foi recolhido montante de flores e eletrônicos. "Na área central não é permitida a ocupação de calçadas. A gente sempre fiscaliza todos os comerciantes, e vamos intensificar a ação sobre os floristas, porque esse comércio aumenta nessa data. Depois do alerta feito pelos fiscais percebemos que já reduziu o número, mas eles ainda estão nas ruas", ressalta a secretária Mirangela Rossi.

Ela assinala que fiscalização para os demais ambulantes permanece igual nas vésperas do Dia dos Namorados. "As outras ações vão continuar. Assim como fazemos o controle de venda de abacaxi nos carrinhos, de bancas de chips de celular, comércio de roupas e eletrônicos. A ocupação das calçadas não pode acontecer, não importa o produto", comenta.

Mirangela observa que a organização dos ambulantes dificulta as ações, pois muitos floristas possuem veículos estacionados nas ruas para abastecer os ambulantes que ficam nas calçadas. "Estamos acompanhando, porque eles não têm alvará, não têm MEI, mas colocam um veículo e ficam pagando estacionamento, abrem a porta e distribuem as flores", relata.

A coordenadora da fiscalização do comércio ambulante da SMU, Nilvane Leichtweis, informa que neste ano a fiscalização já apreendeu mais de cinco mil itens. Ela relata que 12 fiscais estão trabalhando nas vistorias e, em alguns casos, com apoio da Guarda Municipal.





Publicidade