Economia

Atividade produtiva tem alta de 7,6% no semestre

Comércio é o principal impulsionador do desempenho
07 de agosto de 2019 às 10:15
Foto: Regina Lain, Dinâmica Comunicação/Divulgação

A atividade econômica de Caxias do Sul encerrou o primeiro semestre com elevação de 7,6% na comparação com igual período do ano passado. O principal destaque é o setor do comércio, com incremento de 18,4%. Já a indústria, que normalmente lidera as estatísticas, tem crescimento limitado a 3,4%, ainda assim maior que o registrado no estado, de 2,7%. Os dados foram divulgados nesta terça pela Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) e Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL).

Na comparação entre junho e maio, o desempenho da economia teve queda de 6%. Se comparado o resultado de junho com o mesmo mês do ano passado, o crescimento foi de 5,8%. O comércio foi o segmento que apresentou maior redução, com queda de 19,2% em junho sobre maio, mas cresceu 9,8% sobre junho de 2018. Já a indústria registrou queda de 4,4% sobre maio deste ano, enquanto o segmento de serviços apresentou índice negativo de 1,6% na mesma comparação. Uma das razões principais para o recuo na indústria é o menor número de dias úteis: 19 em junho e 22 em maio.

Dentre os indicadores que formam o Índice de Desempenho Industrial, apenas a utilização capacidade instalada teve pequeno avanço, de 0,2%, em junho sobre maio. As vendas tiveram queda de 10,2%. Sobre junho do ano passado vendas avançaram 6,7% e compras, (3,5%).

No comércio internacional, o saldo da balança comercial apresentou queda de 18,6% no acumulado dos últimos 12 meses, situando-se em U$ 375 milhões. O Chile liderou o destino das exportações caxienses em junho. Em seguida, vêm Estados Unidos, México, Argentina e China, que somam perto de 59% do total. Já o ranking dos países de origem das importações locais mostra que a China lidera com 28%. Na sequência, Estados Unidos, Itália, Suécia, Alemanha e Índia. Os três primeiros países representam em torno de 58% das compras no exterior. Os bens de capital (máquinas, equipamentos e materiais de transporte) estão no topo da pauta tanto das exportações como das importações caxienses. 

TABELA

Resultados em %

Setores                               Mês atual/Anterior        Mesmo mês                      Acumulado        Acumulado

                                                                              do ano anterior                               no ano                 em 12 meses

Indústria                             -4,4                                       -1,2                        3,4                         6,2

Comércio                            -19,2                                     9,8                         18,4                       9,1

Serviços                              -1,6                                       16,0                       9,0                         7,2

Geral                                    -6,1                                       5,8                         7,6                         7,0





Publicidade