Cidades

Assinado convênio para habilitação do Hospital São Carlos

Só falta o aval da União para início do atendimento de alta complexidade em traumatologia e ortopedia
31 de maio de 2019 às 12:40

Representantes do governo do Estado e da Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste assinaram convênio, nesta quinta (30), habilitando o Hospital São Carlos, de Farroupilha, ao atendimento de alta complexidade em traumatologia e ortopedia. O processo segue, agora, para Brasília. Caso confirmado, a instituição terá adicional superior a R$ 420 mil por mês de verbas da União, do Estado e de 20 municípios das regiões de Saúde Uva e Vale e dos Vinhedos e Basalto.

Atualmente, estas cidades não conseguem realizar nenhum procedimento cirúrgico de alta complexidade em traumatologia e ortopedia. Os pacientes precisam ser encaminhados para Caxias do Sul ou Porto Alegre. A habilitação do Hospital São Carlos poderá acelerar os procedimentos.

De acordo com a secretária estadual da Saúde, Arita Bergmann, o governo tem priorizado as questões da saúde. "Quando a atual gestão assumiu, havia passivo de quase R$ 5 bilhões na saúde. Em pouco mais de cinco meses, estamos colocando as contas em dia por meio de financiamentos e realocação de recursos”, enfatizou.

Para a deputada Fran Somensi/Republicanos, que participou das negociações junto ao governo do Estado, a habilitação do Hospital São Carlos significa avanço para diminuir as filas de espera para as cirurgias eletivas e serviços de próteses na região. “São mais de 3 mil pessoas em fila de espera. Agora, vamos acompanhar de perto o processo final, em Brasília, e cobrar para que seja ágil, assim como ocorreu no Estado", frisou. As tratativas para a habilitação tiveram início há 30 dias, quando a secretária da Saúde conheceu as instalações da instituição hospitalar.





Publicidade