Cidades

Ale Ruaro autografa “São Paulo S.M.”

19 de setembro de 2019 às 09:40

Na segunda-feira (23), a partir das 16h30, o fotógrafo Ale Ruaro autografa seu novo livro

“São Paulo S.M.” (Editora Madalena, 104 páginas, R$ 120), no espaço Sônia Hermoza, na Avenida Itália, 315. Natural de Caxias do Sul, Ruaro radicou-se em São Paulo e fotografa a intimidade de uma realidade que não é acessível ao convívio usual, na qual seres humanos são transformados em corpos atemporais e sem individualidades, a fim de desnudar preconceitos.

“São Paulo S.M.” é o resultado de um estudo de cinco anos que desmistifica o universo do sadomasoquismo na maior cidade da América Latina, com fotografias que variam de momentos reais a fantasias e intimidade. “Meu objetivo sempre foi quebrar um tabu que nem deveria existir de uma cena que mergulha profundamente no ser humano”, diz Ruaro, que adianta detalhes da obra, impressa inteiramente em tons de preto e branco. A obra é uma imersão acerca de uma cultura que vem crescendo e trazendo novos adeptos às práticas.





Publicidade