Comunidade

3º Grupo muda comando em Caxias do Sul

Solenidade reuniu lideranças do Exército das regiões Sul e Sudeste do Brasil
22 de janeiro de 2020 às 14:55

À esquerda, o novo comandante, tenente-coronel Alan de Paiva Carvalho, e o coronel Leandro Fernandes Moraes, que deixa a cidade (Foto 3º GAAAe, Divulgação/Folha de Caxias)

O tenente-coronel Alan de Paiva Carvalho assumiu o comando do 3º Grupo de Artilharia Antiaérea (3º GAAAe), sediado em Caxias do Sul, em substituição ao coronel Leandro Fernandes Moraes, que segue para a Escola Superior de Guerra, no Rio de Janeiro, onde realizará o curso de Altos Estudos de Política e Estratégia. O coronel permaneceu dois anos à frente do Grupo Conde de Caxias.

Até a nomeação, o novo comandante estava à frente da 1ª Brigada de Artilharia Antiaérea, na cidade do Guarujá, em São Paulo. O tenente-coronel é natural do Rio de Janeiro e incorporou em 19 de fevereiro de 1994, na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, sediada em Campinas (SP). Foi declarado aspirante a oficial da Arma de Artilharia em 28 de novembro de 1998 e promovido ao posto atual em 30 de abril de 2018.

A cerimônia de passagem de comando foi precedida pelo descerramento da fotografia do coronel Leandro na Galeria de Antigos Comandantes. Dentre outras lideranças, estiveram presentes o comandante militar do Sul, general de Exército Geraldo Antonio Miotto; comandante da 3ª Região Militar, general de Divisão Riyuzo Ikeda; comandante da 8ª Brigada de Infantaria Motorizada, general de Brigada, Ernesto de Lima Gil; e comandante da 1ª Brigada de Artilharia Antiaérea, general de Brigada, Alexandre de Almeida Porto. Também estiveram presentes o general de Brigada Decio Angelo Fonini, antigo Diretor de Civis, Inativos e Pensionistas, e o antigo chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas e comandante do 3º GAAAe, general de Exército, José Carlos De Nardi, ambos na reserva atualmente.

Antes da passagem de comando ocorreram dois atos de inauguração de melhorias na guarnição militar. O Centro de Simulação do Míssil RBS 70 tem o objetivo de aperfeiçoar o adestramento das equipes que operam o míssil telecomandado RBS 70. O Serviço de Fiscalização de Produtos Controlados, a Seção de Inativos e Pensionistas, a secretaria e o setor Fusex passam a ter atendimento centralizado, em um único pavilhão. As novas instalações têm estacionamento próximo, recepção mais ampla e rampas de acesso e banheiro adaptado a portadores de necessidades especiais. O objetivo é melhorar e agilizar as condições de atendimento e conforto ao usuário.