Seleção JI

14 de junho de 2019 às 08:40
Foto:

Seleção JI

Muito legal o evento de quarta a noite do Seleção JI. Foi a nona edição da nossa seleção. Uma grande festa, um grande jantar de confraternização. Fico muito grato a tudo e a todos. Quero mais uma vez parabenizar aos vencedores e também pedir desculpas se algo não agradou. Demos o nosso melhor. Mas, o próximo será ainda melhor. O caderno especial será publicado na próxima sexta-feira.

 

Anderson Caliari

Os participantes do evento de entrega do Troféu Seleção JI 2019 tiveram o privilégio de assistir a palestra de um dos proprietários/herdeiros do império que seu OsmildoCaliari montou com a esposa e filhos. Na medida para nós todos empresários que buscamos a cada dia o sucesso sem saber quando venceremos, mas mantemos a esperança de, um dia, chegar lá. Anderson compartilhou sua história de vida. É emocionante ver a história desta família, que é muito semelhante a da maioria de nós empresários.

 

Família Caliari

Pois, sem conhecer a história, o tempo que levou, como foi o começo é difícil entender como uma empresa chega ao sucesso. Ademais, são os criadores do nosso parque da neve Snowland, onde o cliente paga R$ 148 para entrar e sai satisfeito, certo que fez bom negócio. Ao todo os empreendimentos da família geram mais de mil empregos. Palmas a família e de forma especial ao Anderson, que, embora não seja palestrante, deu um show para quem gosta de aprender transformar um limão em limonada. Valeu muito a pena, conhecemos a história do Snowland, que é brilhante. Obrigado Anderson.

 

Tratamento de esgoto

A grande notícia desta edição é a parceria público privada, conhecida como PPP, que permitirá a construção da estação de tratamento de esgoto (ETE) do bairro Dutra. É chato, muito chato que os empresários tenham que pagar os cinco milhões para isso ao invés de criar mais um negócio que gerasse empregos, mas eles, os empresários, sabem, que sem o tratamento Gramado para. Nada mais dará certo em Gramado sem isso. Então, como Estado e Município com tudo o que arrecadam não resolvem, os reféns vão lá e fazem.

 

“Melhorar os destinos”

“Nossa ideia é sempre melhorar o destino”, disse Anderson Caliari na palestra aos vencedores do Seleção JI, quarta à noite, na Recreio Gramadense. E é isso que esses empresários, entre eles o próprio Anderson, estão fazendo ao se preocupar e investir naquilo que o poder público deveria fazer, que é o tratamento de esgoto, essencial para o destino Gramado/Canela. 

 

Hackers

O mundo da Internet dá as caras. Das altas autoridades não há mais nenhuma, provavelmente, que não está tendo suas mensagens, sua comunicação pessoal invadida, copiada. Chegamos ao fundo do poço. O Brasil totalmente desprotegido. É salve-se quem puder. Quem achava que as deleções faziam a nação tremer não sabia o que estava por vir.

 

Nudes

Já estamos acostumados a saber de casos em que espertos usam perfis falsos (fakes) para fazer “amizade” pela rede social, especialmente o Facebook, para depois puxar assuntos, conquistar confiança, obter fotos e mensagens comprometedoras e depois extorquir, pedir dinheiro para não revelar a conversa aos familiares e à sociedade. Ou seja, não se troca mensagens comprometedoras pela rede em hipótese alguma. E sempre antes de aceitar alguém como amigo deve-se conferir o perfil. Se estranhar minimamente já não aceita, amigo não é, pois se fosse não haveria a estranheza.

 

Bela Pagamentos

Ali sim muitos gostariam de mais transparência, bem que a internet poderia dar uma ajudinha. Acontece que virou um jogo de empurra e o que precisa acontecer não acontece, que é cair a grana nas contas dos nossos comerciantes. Muitos estão entrando na justiça para receber seus haveres.

 

Quem colocou a mão na minhagrana que estava bem ali?

É bem difícil entender a lógica dos cartões de crédito, por isso essa dúvida sobre onde está a grana dos comerciantes que venderam pela maquinha da Bela. Hoje, às 11h, temos uma entrevista marcada com a diretora da Bela Pagamentos, Rochelle Silveira. Assim que tivermos o conteúdo pronto publicaremos no portal do Integração www.leifacil.com.br. Eu conversei com ela dia 29 de maio, trouxe aqui o que ela me explicou, quando o atraso nos repasses era justificado pela troca de sistemas. Na ocasião a diretora garantiu que em 15 dias tudo se resolveria, mas não é o que se percebe. Talvez até o contrário, com mais e mais queixas de prejudicados. O procurador do SidTur, Alessandro Oliveira, disse ontem à coluna que são muitos associados e que somam um alto valor em prejuízo, mas ainda não citou números.

 

Stone

A Stone enviou representante para a região, fez reuniões, diz que até antecipou dinheiro à Bela, mas de concreto, nada aconteceu até o momento. Parece mais preocupada com a sua imagem, eis que é a principal parceira da Bela, na engrenagem fica logo acima da empresa gramadense. A situação está muito dúbia. Espero que se esclareça o mais rápido e que os comerciantes recebam suas vendas. Afinal de contas eu acredito no que disse a Rochelle Silveira, diretora da Bela, dia 29 passado de que todos receberão, “mesmo no pior cenário de caos mundial”, como expressou.

 

Teatro

O Grupo Teatro do Avesso apresenta neste sábado a peça “Quem Matou Carmem?”. A atração cultural será exibida às 21h, na Escola Coopec.