APARTE

10 de setembro de 2019 às 08:40
Foto: Divulgação

Transparência revela a farra das diárias

 

O Portal da Transparência e o Diário Oficial eletrônico têm sido, como diz o vereador Rafael Bueno/PDT, o “chicote na boca do parlapatão” (mentiroso) para o Executivo de Caxias. O mecanismo de consulta, principalmente, à despesa pública, tem revelado dados considerados como imorais, para o vereador Rodrigo Beltrão/PT, por exemplo. Ao avaliar o fato de que o chefe de Gabinete, Chico Guerra, em cinco meses, ganhou mais dinheiro público do que outros 10 integrantes do primeiro escalão somente em diárias para fazer cursos, Beltrão voltou a questionar o interesse público de tanta verba liberada para um só cargo de confiança, agravado pelo fato que se trata do irmão do prefeito. Segundo ele, a conhecida “farra das diárias” precisa ser investigada pelo Ministério Público.

 

REPASSOU AO JUDICIÁRIO

 

Ainda mencionando o Ministério Público, o vereador Alberto Meneguzzi/PSB lamentou, ontem, a resposta recebida sobre o pedido dele e do colega Kiko Girardi/PSD, no dia 13 de agosto, para que o órgão intermediasse a visita dos parlamentares às obras de reforma do prédio do antigo Postão 24h, que sediará a nova UPA Central. Segundo a promotora Adriana Chesani, o órgão não tem a competência para autorizar vistorias. Ela sugeriu que o pleito fosse feito diretamente ao Judiciário. Além disso, alegou que há um inquérito civil acerca do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), que condicionava o fechamento do Postão 24h às garantias de atendimento nos hospitais e na UPA Zona Norte. “Somos cerceados, impedidos de fiscalizar, porque uma diretriz de governo diz que não se deve abrir as portas da UPA Central para os vereadores da oposição”, ressaltou Meneguzzi.

 

NOVA DIREÇÃO

 

O Diretório Municipal do PT de Caxias do Sul elegeu, no domingo (8), a Executiva para os próximos dois anos. A nova presidente é Joceli Veadrigo (Piccola), em substituição à ex-vereadora Ana Corso.Piccola assumiu o cargo com a responsabilidade de conduzir o partido nas eleições do ano que vem. Segundo ela, a articulação começará em breve. Partidos como PCdoB, PCB, PSOL e Rede estão na mira de uma possível coligação. Também está na lista o PSB do vereador Eloi Frizzo, que esteve na convenção. O deputado estadual Pepe Vargas, que participou da reunião política, figura entre os possíveis pré-candidatos ao Executivo, em 2020.

 

ARTICULAÇÃO

 

O 12º Batalhão de Polícia Militar (12º BPM) é o mais recente apoiador do projeto de instalação da Delegacia Especial Regional de Proteção ao Idoso, em Caxias do Sul. A notícia saiu de uma reunião entre o comandante da unidade, tenente-coronel Jorge Emerson Ribas, e o presidente da Comissão do Idoso, vereador Felipe Gremelmaier/MDB, e o integrante, Velocino Uez/PDT e assessores. A delegacia já conta com o apoio oficial da Delegacia Regional de Polícia, Procuradoria-Geral do Estado, Ministério Público e do vice-governador e secretário estadual de Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior.

 

COMUNIDADES TERAPÊUTICAS

 

Defender estas instituições é o objetivo de uma frente parlamentar, instalada na tarde desta segunda-feira (9), na Assembleia Legislativa, em Porto Alegre. A iniciativa é da deputada Fran Somensi/Republicanos. Durante a abertura dos trabalhos, a parlamentar eleita por Farroupilha – esposa do prefeito Claiton Gonçalves/PDT - ressaltou que das 1.800 comunidades terapêuticas brasileiras, apenas 496 têm parceria com o governo federal. Além disso, das 234 existentes no Rio Grande do Sul, somente 63 estão vinculadas ao governo. O grupo de trabalho já marcou audiências nas Câmara de Vereadores de Farroupilha (16 de outubro), Passo Fundo (14 de novembro) e Pelotas (2 de dezembro).