Fernando Santos

APARTE

09 de agosto de 2019 às 08:40
Foto: Divulgação

Executivo não se emenda

Ao defender a aprovação de um pedido de informações ao Executivo de autoria dele, sobre as emendas recebidas pelo atual governo, desde 2018, o vereador Rafael Bueno/PDT enumerou algumas verbas destinadas ao Município. Recursos que, segundo ele, não foram divulgados pelo Executivo.

“O prefeito botou na abertura da Festa da Uva, quando ele não citou a Rainha, um monte de ambulâncias e disse ‘Nós estamos entregando tantas ambulâncias do Samu, compradas com o dinheiro do Município’. Mas é uma mentira. Foram recursos do ex-deputado federal Pepe Vargas. Estou mentindo, bancada do PT?”, questionou Denise Pessôa e Rodrigo Beltrão.

 

PROIBIÇÃO DE NOVAS BANCADAS

Os vereadores do PSB de Caxias (Alberto Meneguzzi, Edi Carlos Pereira de Souza e Eloi Frizzo) propõem que, depois da instalação da legislatura, não poderá ser criada nova bancada na Casa, tendo em vista a troca de partido. Caso a lei seja aprovada, se algum vereador trocar de sigla, na janela partidária de abril do ano que vem, para um partido sem assento no Legislativo, não poderá criar uma nova bancada. Isso significa não se instalar fisicamente e nem nomear os cargos de assessor e auxiliar de bancada.

 

NÃO SEI, SISAB

Mais três pedidos de informações foram aprovados pelo plenário, na sessão de ontem da Câmara. Um deles foi sobre o custeio de programas de atenção básica à saúde. As bancadas do PSB, PT e PCdoB querem esclarecer se houve negligência na alimentação do Sistema de Informação em Saúde para a Atenção Básica (Sisab), referente a dezembro de 2018. Em outro requerimento, a Comissão de Segurança Pública e Proteção Social pede esclarecimentos sobre a denúncia de possíveis ilegalidades na Secretaria da Segurança Pública, com a nomeação de Paulo Siqueira como diretor executivo da pasta. Os vereadores também aprovaram questionamentos da Comissão de Saúde sobre a demora no atendimento de três pacientes pelo SUS.

 

ESTREITANDO RELAÇÕES

O presidente e o vice do diretório municipal do MDB, vereadores Paulo Périco e Felipe Gremelmaier, respectivamente se reuniram, ontem, com o presidente da União das Associações de Bairros (UAB), Valdir Walter. O objetivo foi ouvir as demandas e estreitar o relacionamento com as lideranças comunitárias de Caxias do Sul.

 

TREVO BEATO JOÃO SCHIAVO

Denominar o trevo de acesso ao distrito de Fazenda Souza, na RSC 453 (Rota do Sol), é a proposta do deputado estadual Neri, O Carteiro/SD. O projeto de lei foi protocolado, ontem (8), na Assembleia Legislativa do Estado. A matéria foi encaminhada pelo vereador Gustavo Toigo/PDT. A ideia tem o apoio da Associação Amigos do Padre João Schiavo.

 

MAIS QUE O DOBRO

Na sessão da Câmara, ontem, o líder de governo, Renato Nunes/PR, questionou quantas polêmicas do prefeito Daniel Guerra já foram contabilizadas pelo vereador Adiló Didomenico/PTB. A resposta dele foi 211. “E os pedidos de informações já passaram de 400? Mais do que o dobro. Tem vereador aqui que é até campeão de audiência em pedido de informação, mas não vou falar o nome para não fazer propaganda para o cara...”, ironizou. O campeão do ranking dos pedidos de informação deste ano é Alberto Meneguzzi/PSB, com 15 requerimentos. Na sequência vêm Rafael Bueno/PDT, com 12, e Gladis Frizzo/MDB, com oito – mesmo número dos pedidos de autoria coletiva.