Fernando Santos

APARTE

17 de junho de 2019 às 08:40

Por escudo, a Guarda Municipal

 

Em uma medida extrema, possivelmente, tenha sido a primeira vez que um prefeito de Caxias do Sul utiliza a Guarda Municipal de escudo para discursar em um evento público. Foi o que ocorreu na tarde desta sexta-feira (14), durante a solenidade de inauguração da UBS Cristo Redentor. Pelo que se saiba nenhum movimento popular ameaçou qualquer tipo de manifestação ou ato pessoal contra o prefeito Daniel Guerra que o obrigasse a colocar uma barreira física entre ele e parte dos 148 mil eleitores o que elegeram, em outubro de 2016.

 

SAUSSEN EXPLICA

 

O conselheiro da União das Associações de Bairros no Conselho Municipal do Patrimônio Histórico e Cultural de Caxias do Sul, Paulo Saussen, enviou nota à FOLHA DE CAXIAS, em que contrapõe declaração do vereador Paulo Périco/MDB, na sessão desta quinta-feira (13). O emedebista cobrou os motivos pelos quais Saussen se ausentou da reunião do Conselho, onde foi aprovado o projeto de revitalização da Praça Dante Alighieri. Segundo Saussen, a função de conselheiro é gratuita. Além disso, os horários das reuniões são em dias da semana, o que dificulta, em algumas situações, o comparecimento. “Eu tinha compromisso já agendado em Porto Alegre, na Frente Parlamentar de Defesa das TVs e Rádios Comunitárias, representando Caxias do Sul, onde foi solicitada a entrega de uma serie de documentos, além da representatividade. A suplente está em licença-saúde. Assim como um vereador se acha no direito de cobrar por um trabalho voluntário, podemos também cobrar dele a ausência em manifestação na defesa da educação, da saúde e a presença nos bairros, acompanhando as dificuldades das comunidades”, retrucou.

 

MAIS DEBATE

 

É o que propõe o Sindilojas Caxias com relação ao projeto de revitalização da Praça Dante Alighieri. Na reunião desta quinta-feira, na Prefeitura, estiveram presentes o presidente interino, Gilmar Rossi; o conselheiro Jovir Zambenedetti; e a gerente executiva, Lisandra De Bona. A entidade acompanhou os dados de pesquisas feitas com a comunidade e também o estudo feito pela equipe que propõe mudanças na Praça. Rossi destacou a importância de envolver as entidades antes de levar o tema à comunidade: "É preciso avaliar bem o investimento que vai estar envolvido e como a Júlio de Castilhos se encaixa nesse contexto, porque a abertura dessa via sempre foi uma luta do comércio para que o fluxo de trânsito e pedestres continue", disse. Outro questionamento foi sobre como a Prefeitura vai agir diante da presença de ambulantes na Praça Dante, considerando a necessidade de ações preventivas no estudo, mesmo com um posto da Guarda Municipal no local. O Sindilojas Caxias buscará com a Prefeitura o agendamento de uma apresentação do estudo para as entidades do comércio e também aos comerciantes como uma oportunidade de conhecer o que está sendo planejado, bem como o impacto das mudanças. A medida permitirá que avaliem os reflexos dessa iniciativa no quadrilátero central para o atendimento dos clientes nos estabelecimentos comerciais.

 

CONVENÇÃO DO PTB

 

O Partido Trabalhista Brasileiro de Caxias do Sul (PTB) realiza, neste sábado (15), a convenção que vai eleger os novos Diretório e Executiva. A convenção ocorre a partir das 14h, no plenário da Câmara de Vereadores.

O diretório será composto por 60 filiados (45 titulares e 15 suplentes). Também serão eleitos os integrantes dos conselhos de Ética e Disciplina Partidária e Fiscal e os cinco delegados à convenção estadual. O PTB de Caxias deverá reeleger o atual presidente da Comissão Provisória, Gilberto Meletti.