Comunidade

Vendas de importados recuam 3% em fevereiro

As 16 marcas filiadas à Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores (Abeiva), licenciaram, em fevereiro, 2.495 unidades, queda
13 de março de 2019

As 16 marcas filiadas à Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores (Abeiva), licenciaram, em fevereiro, 2.495 unidades, queda de 3,2% sobre o mesmo mês de 2018, mas em alta de 0,8% em relação a janeiro. “Novamente não foi um bom mês para o setor de veículos importados, porque amargou resultados negativos acima da média do mercado interno”, analisa José Luiz Gandini, presidente da entidade, para quem a economia brasileira ainda dá sinais de recuperação lenta.

Entre as associadas à Abeiva, que também têm produção nacional, BMW, CAOA Chery, Land Rover e Suzuki fecharam com 2.335 unidades emplacadas, total que representou alta de 18,6% em relação a janeiro e de 87,1% sobre fevereiro do ano passado. Com 4.850 unidades licenciadas, dentre importados e produção nacional, a participação das associadas à Abeiva foi de 2,54% do mercado total de automóveis e comerciais leves.