Política

UPA ZONA NORTE: Meneguzzi lamenta desinformação do IGH

Socialista criticou falta de comunicação entre IGH e Secretaria de Saúde
29 de maio de 2019 às 12:20
Foto: Gabriela Bento Alves, Divulgação

O vereador Alberto Meneguzzi/PSB revelou, na tribuna do Legislativo, ontem (28), que os novos gestores do Instituto de Gestão e Humanização (IGH), que administram a UPA Zona Norte, disseram desconhecer conhecimento das denúncias que a empresa é alvo no Ministério Público. A maioria delas é de parte do parlamentar e se referem a questões trabalhistas e deficiência na estrutura de atendimento da demanda, principalmente, depois do fechamento do Postão 24h.

Meneguzzi informou que acompanhou recente visita da Comissão de Saúde e Meio Ambiente ao pronto atendimento, quando os dois novos administradores da unidade disseram não saber nada sobre as denúncias. Fato que foi revelado pelo novo diretor da unidade, Felipe Santos. “Ele estava a 22 dias em Caxias do Sul. Confesso que não sabia da mudança da direção da UPA. Conversando com o novo diretor, perguntamos se ele sabia de todas as denúncias que este vereador e outros têm feito desde um pouco depois da inauguração da UPA Zona Norte. Disse não saber de absolutamente nada. A diretora administrativa, Monique Flor, também disse que não sabia de nada”, revelou.

Ainda, segundo Meneguzzi, o novo diretor contou que, somente agora, teria se reunido com o secretário de Saúde, Julio Cesar Freitas da Rosa, para tratar de medidas a fim de suprir a demanda de atendimento que deverá aumentar nesta época do ano. “A gente não ouviu ainda, na prática, qual é o plano de inverno que a Secretaria de Saúde tem. Já estamos praticamente no inverno, o frio já chegou. Não temos o Postão 24h, temos uma demanda represada, toda jogada para a UPA Zona Norte”, salientou Meneguzzi.