Esportes

Tiro Livre

Os jogadores do Caxias seguem treinando forte para os dois últimos jogos da primeira fase do Gauchão 2019. Nesta terça-feira (12), o técnico Pingo fez um treino no CT Baixada
13 de março de 2019

Os jogadores do Caxias seguem treinando forte para os dois últimos jogos da primeira fase do Gauchão 2019. Nesta terça-feira (12), o técnico Pingo fez um treino no CT Baixada Rubra com todos os atletas. No domingo (17), às 17h, o Falcão Grená enfrenta o Aimoré no Estádio Centenário precisando de um empate para se garantir matematicamente entre os oito melhores clubes do certame regional. Em caso de vitória, aliada com triunfo do Grêmio no Grenal, deixará o grená na vice-liderança do Estadual, com ótima vantagem para decidir em casa os mata-matas.

JOGOS ESCOLARES

Estão abertas as inscrições para os jogos de atletismo e atletismo paraolímpico nos Jogos Escolares 2019. Os formulários devem ser retirados na sede da Secretaria do Esporte e Lazer de Caxias do Sul até o dia 17 de abril, data limite das inscrições. Os cadastramentos para as modalidades da mini rústica e de futsal se encerram nesta quarta-feira (13). Podem participar dos Jogos escolares estudantes entre oito e 17 anos que estejam matriculados em escolas do município.

COPA DO BRASIL

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) julgará nesta quinta-feira (14) o último recurso apresentado pela Aparecidense (GO) para anulação do pleito que julgou favorável à impugnação da vitória dos goianos por 1 a 0 sobre a Ponte Preta, na primeira fase da Copa do Brasil. O resultado dentro de campo eliminou os paulistas, que entraram com recurso no STJD alegando interferência externa. Na ocasião, a Macaca empatou a partida aos 44 minutos da etapa final, em gol legítimo, mas a arbitragem, cercada por dirigentes e jogadores do time goiano, decidiu pela anulação. A CBF está de mãos atadas e aguarda decisão dos tribunais para marcar um novo jogo.

CRISE NA VENEZUELA

A crise enfrentada pela Venezuela entre o presidente eleito Nicolas Maduro e o presidente autoproclamado Juan Guaidó chegou à esfera esportiva. No domingo (10), Zúlia e Caracas entraram no Estádio Pachencho, pela sétima rodada do campeonato nacional, e assim que o árbitro apitou o início de jogo, os 22 jogadores permaneceram imóveis. O protesto silencioso às más condições foi um estopim e ligou o sinal de alerta na Conmebol, que estuda a retirada de partidas dos clubes venezuelanos envolvendo equipes de outros países. Estas partidas podem ser jogadas em estádios neutros fora da Venezuela.