Cidades

Temperar aponta tendências e oportunidades de crescimento

Atividade com foco em gastronomia e turismo mobilizou profissionais, estudantes e formadores de opinião
06 de junho de 2019 às 13:20
Foto: Julio Soares/Objetiva, Divulgação

“Na cozinha, a entrada é pela porta dos fundos. É importante conhecer todos os processos, desde a chegada dos alimentos até a mesa. O trabalho do grupo inteiro faz a diferença no resultado final”. Com a experiência de quem com apenas seis anos de idade já tinha certeza de que seria cozinheiro, o chef Ravi Leite, participante do MasterChef Profissionais 2017, conduziu a aula-show onde ensinou a fazer a receita haviana Poke, que abriu o Temperar – Cozinha & Mercado na terça-feira (4), no Hotel Intercity, em Caxias do Sul. Mais de 300 pessoas, entre estudantes, profissionais e formadores de opinião prestigiaram a segunda edição do evento promovido pelo Departamento Jovem do Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria (SEGH) Região Uva e Vinho.

Além de Ravi e do chef William Williges, que também participou do MasterChef Profissionais 2017, o evento contou com as apresentações de Maria Rita Gregol e frei Djair Galvan, da Pousada dos Capuchinhos, de Vila Flores, com o case “Turismo e Espiritualidade”; Felipe Castro, do Okay Café, de Santa Maria, com “Tendências vistas na NRA e como isso pode impactar o negócio de alimentação”; e Henrique Kochemborger, da Share Eat RS, de Porto Alegre, com “Share Eat, uma plataforma com dicas personalizadas para apaixonados por gastronomia, e o Mapa de Comportamento do Consumidor”.

Maria Rita e o frei Djair mostraram a transformação do seminário de Vila Flores numa pousada, hoje referência no turismo de experiência na Serra Gaúcha. “Passamos de uma taxa de ocupação de apenas 18,4% em janeiro 2014, com ticket médio de R$ 55,8, para 60,6%, em maio 2019, e média de R$ 226,8”, informou Maria Rita.

Castro destacou as alternativas que estão sendo desenvolvidas para resolver o problema da escassez de mão de obra e a necessidade cada vez maior de investimentos no sistema de delivery. “Mais da metade da população americana dá importância para empreendimentos que possuem bom sistema de atendimentos de pedidos online. Precisamos estar atentos às mudanças para não perdemos mercado”, aconselhou.

O publicitário Henrique Kochenborger mostrou como o aplicativo Share Eat pode ajudar a mapear o comportamento do consumidor, de acordo com o perfil das próprias publicações dos usuários nas redes sociais. “Estamos com mais de mil lugares mapeados no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Minas Gerais, e devemos ampliar este mapeamento para os consumidores de vinhos”, antecipou.