Cidades

Prefeitura e Daer avaliam demandas de trânsito

O secretário municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMTTM), Cristiano Soares, e o superintendente regional do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), Sandro
03 de abril de 2019

O secretário municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMTTM), Cristiano Soares, e o superintendente regional do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), Sandro Wagner Vaz dos Santos, avaliaram na tarde desta terça (2) duas demandas do trânsito de Caxias do Sul. A administração municipal está propondo ações de melhorias no trânsito de veículos e de pedestres por meio da instalação de sinaleiras no entroncamento da RSC-453 com as ruas Cremona e Dr. Antônio Casagrande, no bairro Cinquentenário, e na RS-122, na alça de acesso a Forqueta, ambos locais de responsabilidade estadual.

A implantação de semáforos no entroncamento da RSC-453 é pleiteada pela SMTTM desde março do ano passado. Segundo Soares, a presença dos equipamentos contribuirá para a segurança de pedestres em um ponto próximo a estabelecimentos comerciais e instituições de ensino. Além disso, há uma parada de ônibus do transporte coletivo urbano no trecho. No ano passado, uma pessoa perdeu a vida após ser atropelada ao tentar atravessar a rodovia. Na época, a SMTTM executou melhorias de sinalização no local e readequou uma lombada e uma faixa de segurança (lombofaixa) no local.

Durante o encontro, Vaz dos Santos deu aval para a pasta prosseguir com a instalação dos equipamentos e formalizará posteriormente a aprovação. As sinaleiras serão instaladas no limite entre a rodovia e as vias municipais e auxiliarão a travessia de pedestres no sentido Centro/Desvio Rizzo e no sentido Desvio Rizzo/Centro. Novos estudos da SMTTM apontarão qual será o tempo de travessia e onde serão fixadas placas de trânsito indicando a presença do equipamento. Ainda não há previsão de instalação dos equipamentos.

Outra ação é a instalação provisória de semáforos na RS-122, na alça de acesso a Forqueta. A medida foi sugerida na semana passada em reunião entre representantes da Prefeitura de Caxias do Sul e a direção do Daer. Os equipamentos deverão pausar o tráfego na rodovia para facilitar o acesso ao distrito de quem está no sentido Caxias/Farroupilha.

Soares reforça que as sinaleiras funcionarão de maneira paliativa até a conclusão de obras de melhorias no trecho. Os serviços são de responsabilidade do Daer e estão paralisados devido a pendências financeiras do governo. Vaz dos Santos afirmou que levará a demanda ao Daer em Porto Alegre, que é quem avaliará e decidirá sobre a viabilidade da proposta.





Publicidade