Cidades

Comunidade dá adeus ao Seu José Angeli

Empresário faleceu na noite de terça, em Porto Alegre, aos 92 anos
09 de maio de 2019 às 12:04
Foto: Fabiano Finco, Divulgação

O corpo do empresário caxiense José Fiorindo Angeli será velado a partir das 7h30 desta quinta (9), na Capela São José, e sepultado na sexta (10), no Cemitério Público Municipal. Ele faleceu na noite de terça, em Porto Alegre.

Nascido em 1927, em Caxias do Sul, José Angeli trabalhou durante anos na Agrale, onde ingressou em 1971, tendo exercido várias funções diretivas. Desde 1993, exercia cargo no Conselho de Administração. Ele era viúvo da relações públicas Dolaimes Stedile, com quem teve os filhos Fúlvia, Franca e Sandro, que lhe deram os netos Antonia, Daniel, Luisa e Vicente.

Dono de um genuíno interesse pela humanidade, ocupou vários postos sociais na cidade, participando de decisões, construindo ideias e buscando soluções, seja em agremiações, entidades de classe, clubes, associações e instituições. Participou de várias comissões comunitárias que realizaram obras ou eventos para Caxias, da Comissão Social da Festa da Uva à comissão jurídica que deu origem à Orquestra Sinfônica de Caxias do Sul.

Foi sócio-fundador das rádios Independência e Difusora; vice-presidente da Sociedade Esportiva e Recreativa Caxias em dois períodos; e presidente do Recreio da Juventude entre 1968 e 1972. Também participou ativamente da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul, da Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores, do Sindicato dos Fabricantes de Veículos Automotores, Serviço Nacional da Indústria e Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Metalmecânicas e de Material Elétrico de Caxias, do qual foi diretor e recebeu o Mérito Metalúrgico Gigia Bandera em 2006.

Por meio de nota oficial, o presidente do Simecs, Reomar Slaviero, lamentou a morte do empresário José Fiorindo Angeli. Destacou a sua participação comunitária, sindical e empresarial. “Ele foi um incansável batalhador pelo crescimento do setor industrial”, enfatizou. O prefeito Daniel Guerra também lamentou a morte do empresário.





Publicidade