Roberto Hunoff

Livre Iniciativa

16 de maio de 2019 às 08:40
Foto: Gelson Mello da Costa, Divulgação

Para aplicação severa

 

A Júlio Simões Logística adquiriu sete novos miniônibus Volare Attack 8 4x4 para utilização no transporte de trabalhadores da Vale nas minas de Paraupebas, no Pará.  Os veículos têm como diferenciais a tração 4x4 para trafegar dentro das minas e nos trajetos fora-de-estrada da região. O modelo é o mais indicado para locais de difícil acesso e estradas secundárias com conforto, rapidez e, principalmente, segurança para os passageiros. O veículo tem características técnicas diferenciadas para o transporte adequado, sobretudo em municípios e comunidades das zonas rurais. O veículo desenvolvido para a empresa tem ângulos de entrada e saída maiores, estepe no bagageiro traseiro e proteção especial para o cárter do motor e para o tanque de combustível. Possui carroceria com saia lateral mais alta, suspensão reforçada, sinalização diferenciada e espelhos que permitem total visualização do entorno do veículo, o que proporciona maior facilidade e segurança em manobras e deslocamentos.

Também oferece total acessibilidade, pois conta com dispositivo de transposição acessível, que permite o embarque/desembarque pela mesma porta de serviço.

 

Educação financeira

 

A Sicredi Serrana está engajada na realização da 6ª Semana Nacional de Educação Financeira, que ocorre de 20 a 26 de maio. Promovida pelo Comitê Nacional de Educação Financeira, a atividade concentra ações de educação financeira em entidades públicas e privadas. A cooperativa realizará 30 eventos em todas as cidades da área de atuação. Há mais de cinco anos, a Sicredi Serrana trabalha com iniciativas de educação financeira. Mais de 7 mil pessoas já participaram das formações, que atendem escolas, empresas, associados, entidades e colaboradores. Informações mais detalhadas sobre as atividades estão disponíveis em www.sicredinasemanaenef.com.br.

 

Bitcoin no setor imobiliário

 

A Construtora PRG Exclusive, de Gramado, é a primeira empresa do ramo na Serra Gaúcha a aceitar bitcoin para compra e venda de imóveis. Trata-se de uma nova proposta de negócio que permite utilizar a moeda digital como forma de pagamento em negociações de imóveis. O diretor PRG, Giovani Ghisleni, argumenta que a proposta é oferecer um serviço exclusivo para o cliente, de forma que sinta confiança e satisfação. A moeda digital já é aceita por empresas como Dell, Amazon e PayPal.


Auditoria em vinícola

 

A Receita Estadual busca, em empresa do setor vitivinícola localizada em São Marcos, valores que deixaram de entrar nos cofres públicos. Análises preliminares evidenciam a ocorrência de subfaturamento, venda sem nota fiscal e utilização de créditos indevidos. Ao todo, serão auditados cerca de R$ 200 milhões em operações do estabelecimento. De acordo com o delegado da Receita Estadual de Caxias do Sul, Magno Friedrich, os procedimentos de busca e apreensão garantiram a coleta de documentos que estão sob análise. Várias outras ações já foram realizadas pela Delegacia de Caxias do Sul nos últimos dois anos, buscando assegurar a concorrência leal e o tratamento isonômico entre os contribuintes.