Fernando Santos

APARTE

12 de junho de 2019 às 08:40
Foto: Gabriela Bento Alves, Divulgação

Férias de fachada

 

Assim se referiu o vereador Alberto Meneguzzi/PSB, na sessão da Câmara de ontem (11), com relação às férias do secretário de Saúde de Caxias, Julio Cesar Freitas da Rosa. A declaração ocorreu durante defesa do projeto de autoria dele que visa obrigar o Executivo a dar publicidade a todos os atos administrativos de pessoal da administração direta e indireta por meio no Diário Oficial Eletrônico do Município. “As férias do secretário de Saúde são de fachada. Quer dizer, tirou as férias no papel, mas está trabalhando. Não há qualquer informação, pelo menos nós buscamos no Diário Oficial Eletrônico, sobre as férias dele, nem a respeito de quem o substituiu e de que forma o substitui, se ganha FG, enfim, a nomeação da substituta. Julgo como importantíssimo que todos os atos envolvendo o quadro de pessoal, cargos de confiança e efetivos devam ter o devido efeito jurídico após a publicação no Diário Oficial Eletrônico. É uma maneira de tornar isso transparente. Então, se não tem nada de ilegal, publica no Diário Oficial”, cobrou.

 

SUPOSTO LAWFER NA VISÃO PETISTA

 

A denúncia do site Intercept Brasil sobre suposto lawfer cometido pelo então juiz federal – hoje ministro da Justiça e Segurança Pública -, Sergio Moro, foi tema de declaração de liderança do PT, pela vereadora Denise Pessôa, na sessão desta terça. Ela classificou como um dos maiores escândalos da política brasileira. “Então, se a gente teve uma Operação LavaJato durante esses últimos anos, agora a gente vai ter uma operação aonde vai se revelar tudo que de fato ocorreu nos bastidores, que foi uma operação política e que tinha o intuito de fazer com que o PT ou os partidos que estavam compondo o governo não permanecessem. A gente via uma interferência direta do juiz Moro quando ele orientava, inclusive, como deveria ser a denúncia, a investigação”, registrou a vereadora.

 

BANDEIRA COBRA EXECUTIVO

 

O vereador Arlindo Bandeira/PP se pronunciou na tribuna da Câmara, ontem (11), para cobrar da Secretaria Municipal de Saúde melhorias na UBS do distrito de Fazenda Souza. Ele contou que visitou o posto na manhã desta segunda-feira (10), quando ouviu reclamações dos usuários. “Estamos agendando uma reunião com o secretário Júlio Freitas, onde pretendemos tratar de diversos assuntos, como a falta de médicos, a ampliação da UBS e a destinação de uma ambulância que atenda todo o interior. Cobraremos também a melhoria no auxílio para as agentes da saúde, a reforma e construção de novas UBS nos distritos”, antecipou.